Tendências 2018 !!!


Tendências são quase sempre mal compreendidas pelo público masculino. Parem a maioria dos homens na rua e eles dirão que não seguem as tendências da moda, mas olhem dentro dos armários e ao lado dos clássicos atemporais, vocês vão ver jeans rasgados, malhas dos anos 70, camisas de colarinho cubano, e essas são apenas tendências que eles ainda gostam. Claro, há um monte de moda esquisita lá fora (pijamas para usar no dia a dia, alguém?), mas entre todos os looks da passarela há um monte de coisas novas que não são visualmente estranhas e que são bastante usáveis. Separei algumas tendências que aparecem nas passarelas e nas revistas de moda, que são bem bacanas e bastante usáveis. Se você ficar inseguro com as padronagens e cores, tente começar por cores menos contrastantes ou desenhos menores, quando se trata de listras e quadrados, vamos ver?

Som de Craig David – Walking Away

 

Listras verticais:

Listras verticais são quase que um clássico, mas não pensem que elas não são inovadoras. A listra vertical é oficialmente o novo padrão de moda masculina. Vistas em todos os lados, desde jaquetas bomber a parkas, durante as semanas de moda global. Não há como negar que foi uma temporada seriamente listrada, mas não exagere ou você vai ficar parecido com um personagem de Bananas de Pijama. A chave para ficar bem longe deste desenho é o tamanho das listras. Os melhores exemplos em exibição para 2018 são retas, estreitas e vistas em camisetas, camisas de manga curta e calças jogger. Ao criar o seu look, uma única peça listrada é muitas vezes suficiente. A listra vertical dupla é um estilo mais arrojado, que somente os homens mais confiantes podem e devem usar.

Mesmos Tons de Cor:

Esqueça o que você ouviu sobre que os opostos se atraem, a moda masculina está indo para o look completo nos mesmos tons, nesta temporada. Pense em vestir tons como uma resposta ao look todo preto, mas com muito mais opções. A verdadeira beleza de se vestir assim é que funciona em praticamente qualquer cenário que você possa imaginar. As cores com as quais você já está bem abastecido são um bom ponto de partida, pense em azul ou cinza, mas não tenha medo de tons neutros mais claros e até de tons pastel. Ah, e três é o número mágico para o número de itens do mesmo tom que você deve usar em um look.

Calças de Listras Laterais:

Imaginem que estamos nos anos noventa, o jeans é a opção ‘inteligente’, e há mais joggers (tipo uma releitura da antiga calça de moleton), de faixas laterais andando pelas ruas do que pessoas. Agora abra os seus olhos, estamos em 2018 e o revival da faixa lateral é real. A prova de que as calças de listras laterais são aceitáveis ​​para os adultos foi o fato de que os estilistas de luxo ficaram absolutamente loucos por elas nesta temporada. Havia versões estreitas na Balmain, Prada mostrou-as coordenadas com jaquetas, enquanto Valentino foi direto para o sportswear retrô. Basicamente, se você não tem listras nas pernas neste ano de 2018, você não está se vestindo de forma correta e cool. A chave para fazer listras laterais funcionarem sem parecer um esportista é o equilíbrio. Sim, você pode usar tênis com elas, mas você precisará adicionar uma malha bacana, uma camisa polo, ou até uma camisa normal para evitar vibrações de “Eu socializo nos pontos de ônibus”.

Jeans do Papai:

A moda masculina gosta de extremos. Então, quando parecia que a calça jeans  skinny nunca iria passar de moda, 2018 nos presenteou com um jeans mais largo. Pense em uma calça solta, com lavagem suave, em linha reta de cima a baixo. Como uma versão mais estilizada e simples da tendência do “normcore”, o “dad denim” une jovens e maduros. É confortável, não faz com que pareça que você está apertado demais e dá ás pernas o espaço para respirar que elas têm desejado tão desesperadamente na última década. Quanto às regras de se vestir, vá atrás de modelos cropped (na canela), ou dobre a barra (sobras de tecido a seus pés ainda não são legais), e misture com camisetas , tênis, botas e camisas folgadas. A calça jeans skinny não perde o seu reinado, apenas o divide com um novo formato.

Casacos Tecnológicos:

Os ventos de mudanças sopraram para este ano de 2018 e o que é considerado tendência em outerwear masculino deu uma guinada de 180 graus. Sim, aquele bomber de camurça macia que você comprou no ano passado ainda é inacreditavelmente atraente, mas se você realmente quiser ficar atualizado com a moda, precisa de uma jaqueta em tecido tecnológico, (leia-se, anorak ou windbreaker). Antes de você reclamar, não estou falando de casacos para escalar montanhas. As jaquetas que você está prestes a ver nas lojas mantêm seus superpoderes que combatem o clima, mas agora são projetadas de uma nova maneira. Elas vêm em cores vivas, em tons pastéis ou escuros e sombrios. A melhor parte desta reinvenção é que suas opções de estilo são amplas. Jogue uma, em cima de jeans, calças feitas sob medida, malhas, camisas, tênis ou botas, e você dificilmente vai errar.

Xadrez:

Você deve estar pensando, xadrez não pode voltar porque ele nunca saiu de moda. Tecnicamente, você está certo, mas enquanto esta estampa se recusa a sair do guarda roupa masculino, o tipo errado pode acabar com o seu look. A maneira mais segura de fazer com que esta padronagem funcione para você é experimentar motivos maiores ou mais complexos (pense em príncipe de Gales) em roupas esportivas, malhas e calças. Para evitar dores de cabeça, certifique-se de que o resto da sua roupa seja bem discreta.

Camisas de Impressão Tropical:

Às vezes pensamos que os designers de moda masculina estão dispostos a nos ridicularizar. É o caso do ressurgimento de camisas com estampas tropicais que, á primeira vista, parecem uma armadilha. Gostar de uma camisa tropical não parece uma boa ideia. Elas geralmente são espalhafatosas, nunca vestem muito bem e são invariavelmente usadas ​​por homens que querem passar uma imagem de que você está próximo a um “cara divertido”. Curiosamente, foi Paris (definitivamente não tropical) que abraçou a tendência mais calorosamente com a Louis Vuitton, em particular. Embarcar nesta viagem requer sutileza, algo perdido em praticamente todos os usuários desta peça até o momento. Procure designs em paletas de cores reduzidas e combine com chinos ou jeans escuros para uma melhor aparência. Eu particularmente não gosto, a não ser que você tenha uma festa Havaiana, e só neste caso, mas elas estão aparecendo nas coleções e como eu sempre digo não há regras na moda, apenas bom senso.

Precisa de ajuda? Quer organizar o seu guarda roupa? Duvidas para combinar peças que já tem? Entre em contato pelo blog, ou pelo E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Básicos Para Sempre!!!!!!


 Som de Drake – One Dance

A camiseta branca é o começo de tudo:

Não há peça mais icônica em toda a historia da moda. Nada de gola V, nada de microfibra e nada de baby look. Apenas uma peça no tamanho correto para seu corpo, e feita de um bom algodão. O caimento é simples de observar: combo de ombro, mangas (se não estão apertadas ou sobram, com aquela “ponta” pra fora) e cintura nem muito curta e nem longa demais.

Coringa total. Serve para trabalhar, para jantar em um lugar bacana, vai bem com jeans, com tênis ou bota, fazendo sobreposição com camisa, ou com cardigan, enfim, essencial.

Calça jeans:

Jeans servem para absolutamente qualquer ocasião, excetuando casamentos e ocasiões bem formais. A onda é respeitar seu corpo. Se for mais gordinho, use modelos de corte reto. Magrelos vão de skinny. A barra pode ser feita, se você é mais tradicional ou simplesmente dobrada, principalmente nos modelos skinny. Vale em qualquer tom de azul, vale rasgado, surrado. Só não vale com boca larga e sobrando na altura.

Você precisa de uma bota:

É incrível ver como as botas são versáteis. Vão bem com jeans, chino ou até calça social. Só não vale usar aos 40 graus do verão que levou a Cantareira embora. Eu gosto muito dessas com furinhos tipo Oxford, ou com o elástico na lateral. Se não pode ter mais do que um par, dê preferência pela cor castanha, dá com tudo.

Cuidado com o tênis:

No caso dos tênis, menos é mais. Esqueça molas, modernices, enormes logotipos de marcas nos seus pés. Modelos vintage com poucas cores serão sempre uma opção segura, dos New Balance ao Vans, passando pelo Converse All-Star.

Um terno para o seu tamanho:

2016 tá aí, caminhando, mas ainda tem homens que rejeitam a ideia de ter um belo terno no guarda-roupa. Esse costume de alugar a peça é sempre a pior decisão. Vá até uma loja de confiança, escolha com calma e saiba que a peça vai durar bons anos. A regra central aqui é: dê um abraço em torno de si mesmo. Se sobrar muito pano, pegue um modelo menor. Se faltar pano, pegue um maior. Tem um terno antigo e desatualizado, mas com um tecido bom? Mande arrumar em um bom alfaiate, ajuste ao seu tamanho e aos padrões atuais.

Não tem nada de errado com a camisa de manga curta:

Entendo o seu medo em parecer um funcionário do McDonald’s. Mas num país tropical, não há nada de errado em usar camisas de manga curta.

São usuais, dão um toque menos formal e servem para trabalhar, sim (desde que sem gravata, claro).

Óculos escuros são muito mais que estilo:

Ser sóbrio na escolha vai fazer com que erremos menos. Modelos clássicos não estão aí à toa. Espelhado pode, mas sem cor!!!!!!

Todo mundo fica bem de suéter:

Peça-chave e mais que adequada à temperatura brasileira. Você sabe que aquele bando de casacos de mil camadas são exagerados para o outono e lhe são necessários para dias bem específicos.

Com o suéter é justamente o contrário. Valem listras, valem estampas e vale a sobriedade. Suéter muito apertada não é bacana, mesmo para você, que adora mostrar o resultado da academia.

O truque da camisa sem estampas:

Serve como peça do dia a dia, mas pode muito bem brilhar num conjunto mais formal. Aceita mangas dobradas ou completamente abotoadas. Tenha algumas sempre disponíveis.

Tem algo com os seus sapatos:

Caso você não precise deles todos os dias, o jeito é optar pelo clássico: o bom e velho Oxford castanho. Se o uso é mais frequente, vale ousar alterar os modelos, as cores e usar a camurça. E, por favor cuide bem deles que vão durar para sempre. Para os mais moderninhos, cadarços coloridos, há também modelos clássicos com a borda da sola em colorido, acho bem bacana.

Outras texturas da calça:

Ok, vá com calma. Mas não tem nada de errado em optar por fazer das suas pernas o centro das atenções. Vale veludo, lã e tecidos com padronagem xadrez. Só não vale calça de couro ou camurça, a não ser que você esteja no ramo do Rock N’ Roll, aí pode. Comece com um xadrez pequeno, tipo príncipe de gales e vá aumentando a estampa conforme se sentir mais seguro.

O segredo da jaqueta de lã:

Uma bela jaqueta de lã incrementada com botões pode resolver sua vida. Elimina as chances de precisar de várias camadas de roupas nos dias mais frios.

Vão bem com um visual mais social ou tornam seu estilo largado em algo mais elaborado.

Tenha uma calça cáqui:

Eis uma saída sempre honrosa para seu armário. Só o fato de suas pernas estarem cobertas com um tom mais claro que o usual (pensando no jeans, por exemplo) já vai render uma nova e imensa possibilidade de combinações.

De repente, aquela camiseta largada no fundo do guarda-roupa passa a brilhar novamente. A camisa jeans com esta calça é sempre um clássico a ser seguido.

Jeans, sempre jeans:

Não precisa se preocupar em sobrepor peças de jeans. Vale combinar camisa e calça do mesmo tecido, sim. Vale calça e jaqueta, vale camisa e calça. O segredo é saber contrapor os tons de uma maneira harmônica.

Jaqueta de couro :

Taí outra eterna peça bem vinda. Para evitar erros, faça sempre as escolhas mais simples. Uma peça que não brilhe tanto é mais certeira do que modelos com milhares de bolsos ou detalhes metálicos. Afinal você não vai querer parecer com Edward Mãos de Tesoura.

Um par de meias coloridas:

Belo truque para parecer descolado. Você pode estar de terno e gravata, mas se nos seus pés mora uma meia listrada ou colorida as pessoas vão admirá-lo por seu estilo insuperável. Força, coragem, tudo vai dar certo.

Precisa de ajuda? Quer organizar o seu guarda roupa? Duvidas para combinar peças que já tem? Entre em contato pelo blog, ou pelo E-mail nunoalmeida61@gmail.com

 

Guarda Roupa Masculino !!!


Estilo é sempre algo pessoal, e na maioria das vezes é difícil definir o que é “elegante” já que as opiniões sobre estilo são diferentes para cada pessoa. Eu acredito que manter o estilo clássico e atemporal com pequenas ousadias é uma forma de melhorar a aparência. No post de hoje, 05 conselhos que podem ser facilmente seguidos e que melhoram o nosso visual quase que instantaneamente.

AJUSTE:

Uma roupa ajustada( fit ) é essencial para se vestir melhor, e quando me refiro a ajuste não significa uma roupa grudada e desconfortável, aqui o bom senso também é bem vindo. Você pode até vestir uma roupa que tenha custado uma pequena fortuna, mas se as proporções não estiverem corretas o resultado é desastroso. O problema dos homens com este “ajuste” é porque acham que estão acima do peso, ou acham que não é confortável. Qualquer que seja o seu tamanho, ou a sua idade o tamanho e corte da roupa deve ser sempre levado em conta.

Se você está acima do peso, a tendência é comprar roupas mais largas que disfarcem, mas o resultado é exatamente o contrário, então lembre-se, quanto menos tecido “sobrando” melhor o resultado. Em outras palavras, se estiver usando um par de jeans e estiverem com a barra amassada e folgada, o ajuste precisa ser feito. Se estiver usando uma camisa e alguém possa pegar um punhado de tecido tanto da frente, como das costas, o ajuste precisa ser feito. Enfim, quanto menos tecido sobrar na sua roupa, melhor, mas nunca vestir algo que pareça pintado no seu corpo, roupa muito justa é um sinal de que precisa urgentemente trocar a numeração.

SAPATOS:

Bons sapatos podem realmente melhorar a nossa aparência, além disso a maioria das mulheres presta muita atenção no sapato que o homem está usando, existe incentivo melhor para mudar?Uma calça jeans, camiseta e um bom par de sapatos fazem toda a diferença. Faça um teste, vista uma calça jeans escura com uma camisa branca e tênis, o resultado é bem casual, agora troque o tênis por um bom sapato castanho, a diferença é gritante e sempre para melhor. Uma pequena mudança que significa muito em termos de estilo. O bom e velho sapato castanho é um coringa que pode ser usado tanto com roupa mais formal, como em combinações mais básicas. Nas fotos abaixo algumas combinações que eu gosto muito.

TERNO:

Todo homem deveria ter pelo menos um terno. Por quê? Porque você não precisa usá-lo sempre como terno completo, o blazer pode ser usado separadamente, com uma calça jeans e uma camisa, ou camiseta. O contrário também fica bom, valorizando uma camiseta com a calça do terno e um bom par de sapatos. Usar o terno completo com uma camiseta polo ou até uma t- shirt é uma outra ideia para ocasiões menos formais. Mais uma vez o ajuste é muito importante, ternos com ombros largos e mangas enormes estragam completamente o seu visual, e dá um certo ar de desleixo, nestes casos um bom alfaiate é sempre a melhor solução. Um terno bem cortado passa uma confiança para quem veste, seja no escritório ou em qualquer ocasião em que seja necessário. Isto vale para quem tem que trabalhar diariamente de terno, ou para quem o usa ocasionalmente. Olhem para o blazer, como se fosse um casaco normal, para ser usado no dia a dia e não como uma roupa especial.

ATEMPORAL:

Fashion week? Tendências? Caso você não dê importância a isto, a melhor forma é manter o seu estilo atemporal. Ninguém precisa entender muito de moda para ter estilo. Nisso nós homens levamos uma enorme vantagem, relembrando a moda masculina de muitos anos e décadas passadas, vemos que as mudanças não tem sido tão grande assim, pelo menos nos itens mais clássicos, é o chamado “timeless style”.

O blazer é um clássico, e nos anos trinta o blazer azul era muito usado, assim como hoje. O meu avô já usava sapatos Oxford, eu uso muito hoje em dia. A camisa branca que você compra hoje, vai estar na moda daqui a 50 anos. Não existe a necessidade de seguir tendências, mantenha o seu estilo atemporal.

E aí você me pergunta, mas o que é atemporal? Ternos em cores neutras, acessórios, camisas(novamente em cores neutras), sapatos (Oxfords e semelhantes), a calça Chino, Jeans e camisetas lisas.

QUANTIDADE X QUALIDADE:

Melhorar o estilo, requer inteligência e não opções infinitas. Ter um guarda roupa atemporal, com peças que lhe caibam bem ( fit ), e saber quando e como as vestir é ter estilo. Quem sabe, e tem estilo consegue escolher uma roupa em pouco tempo. Isto porque a pessoa sabe o que tem no armário, e sabe fazer as combinações certas, não tendo medo de errar. Importante saber que se você quer dar preferência á qualidade e não á quantidade, é preciso investir um pouco nisso. Peças com bom corte ( não estou falando de marcas ) são mais caras, mas em compensação vão durar muito mais tempo no seu armário, e não passam nunca de moda. Gaste um pouco mais nas peças mais clássicas e escolha cores básicas, deixe os modismos para acessórios, assim você vai gastar menos e não vai se importar de descartá-los quando passarem de moda.

 

Precisa de ajuda? Quer organizar o seu guarda roupa? Duvidas para combinar peças que já tem? Entre em contato pelo blog, ou pelo E-mail nunoalmeida61@gmail.com