Quase Provence, Quase Toscana !!!!


Este tom de verde água das janelas de madeira, e algumas aberturas em forma de arco nos despistam. Estamos na Provence ou na Toscana? Esta casa tem um carácter mediterrânico, um ar de verão,  uma casa aberta para o jardim, com pisos de terracota e uma varanda com vigas onde as refeições acontecem. Mas não estamos nem na França e nem na Itália. Na verdade esta residencia fica na Espanha, mais precisamente em Sotogrande.

Anteriormente esta casa não era assim. “Era uma casa muito escura, com móveis pesados ​​e estilo tradicional da Andaluzia. Os proprietários, uma família inglesa, com quatro filhos, queria uma casa no Mediterrâneo, confortável e fresca. As paredes, o mobiliário, tapeçarias claras e carpintaria em tom de verde água mudou drasticamente a sua aparência “, diz Tom London designer de interiores, e responsável pela transformação.

Camilla, a proprietária, interveio apenas para atualizar e renovar o seu estilo. “A casa tem muitas janelas e eu queria dar-lhes mais caráter, adicionando mais um elemento de decoração”. Olhando para o jardim, ela teve a inspiração através das suas cores. “É muito exuberante com buganvílias, árvores e plantas nativas que vestem a casa e lhe dá privacidade.” Se somarmos detalhes como a lareira clássica, arandelas antigas, móveis em pátina, as tapeçarias de algodão de qualidade, e a banheira antiga, podemos notar um olhar de refinamento afrancesado ou italiano, como eu tanto gosto.

Ao pintar as janelas de verde água, a casa teve uma transformação instantânea. “Este tom se funde com o jardim e dá alegria á decoração em tons básicos”. Então Camilla espalhou por toda a casa itens em tom de morango, desde o lobby de entrada até a sala de estar, com lindas cadeiras de vime com vista para o jardim. O resto foi preenchido com mesas, toalhas e colchas floridas, tudo muito provençal.

Verde e tom de morango, neutralizam o tom torrado dos pisos de terracota e das vigas de madeira, que receberam tratamento para ficarem mais claras. A casa foi construída pelo arquiteto Wilco Meeuwis. Ele distribuiu bem as áreas com materiais de qualidade. O piso da varanda, com lajotas em ziguezague é muito agradável ao olhar. Então eu me concentrei em atualizar o estilo dos proprietários, e torná-lo ainda mais confortável, diz o designer.

Assim, quase todos os quartos têm vista para o exterior. A sala de jantar, sala de estar e até mesmo o banheiro principal, com sua elegante banheira, possuem vista para as buganvílias, palmeiras e oliveiras do jardim.  Camilla deu um ar romântico e sóbrio para os quartos no primeiro andar, com cabeceiras e mesas em pátina branca, espelhos delicados e colchas com estampas florais, que deixam esta casa ainda mais convidativa e charmosa.

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Viver No Campo.


Som de Simon & Garfunkel – The Boxer

 

Um paraíso,com uma horta particular, um jardim, espaço e silêncio. Chegar aqui custou-lhes muito, mas valeu a pena. Vamos entrar nesta casa e desfrutar da paisagem e de um espaço confortável, brilhante e encantador. A interiorista Sophie  Wadsworth sabe perfeitamente o que mais gosta na sua casa. “A horta é o meu santuário, fornece as verduras que nos alimentam durante o ano todo. A casa com vigas de carvalho é espetacular, dá-lhe caráter e um olhar tradicional, sem perder o conforto de uma casa moderna.” A fachada, de madeira pintada de branco, tijolos e telhas tem o estilo inconfundível das casas de Kent, no sudeste da Inglaterra. “Esta é uma área de grande interesse natural, onde você tem que construir de forma tradicional”, explica ela.

A história de Sophie e seu marido Andrew com relação a esta casa é muito particular, e chegou a um final feliz graças à determinação do casal e uma boa dose de humor Inglês. “Vendemos nossa casa anterior e após um ano procurando vimos este lote em um leilão. Demos um lance bem alto por ela, resignados a comer feijão e pão por 10 anos, mas conseguimos. Então começou a batalha para mudar o plano do conselho, que limitava o espaço para a construção da casa. ” Durante um ano e meio eles viveram com seus filhos Teddy, Georgie e Patch neste terreno, mas em três casas provisórias, implicando em uma série de transtornos.

Enquanto isso, construíram uma casa de dois andares, com um anexo em” L “onde antes estavam os estábulos, e agora ficam a cozinha, sala de jantar e sala de estar. O primeiro andar é totalmente aberto, lembrando um celeiro com uma cozinha rustica cercada por um deck de madeira que liga ao jardim. Sophie escolheu mobiliário de cor clara, estilo escandinavo, para aproveitar ainda mais a maravilhosa luz natural da casa. “Minha mãe é sueca e adoro o estilo nórdico.” O mobiliário simples e de cores neutras ajudam a sobressair ainda mais a beleza do teto de madeira. Vamos entrar???

 

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

 

Uma Cabana Rústica.


_850x542_parwolki_jola_skóra_25

Uma casa de madeira rústica e bem no meio da na natureza. Sem dúvida, um charme e uma magia difícil de encontrar em outras  construções. Calorosa, aconchegante e confortável, transportam-nos para um cenário de filme, ideal para passar uma temporada de férias ou alguns feriados. A casa deste post de hoje tem um charme adicional, antes de sofrer uma grande reforma, era antigamente em velho celeiro datado de 1932, que foi reconstruído e renovado, dando lugar a uma maravilhosa cabana com ares rústicos.

Situada  na ilha dinamarquesa de Bornholm, esta construção mantém a estrutura de madeira original, e foi pintada de branco para dar a sensação de espaço e luminosidade maiores.  A altura dos  tetos  permitiu que fosse feito um sótão, onde fica o quarto das crianças. O piso em toda a casa é coberto com ripas de pinho.

No piso térreo da casa ficam a cozinha integrada e sala de jantar, o quarto principal e um banheiro. Para a cozinha foram escolhidos móveis com acabamento em aço, criando um contraste atraente com as vigas de madeira, e o piso também em madeira. A combinação de aço, madeira natural, paredes brancas , tijolo e estrutura de ferro, foi possível recriar uma decoração rústica com um certo ar industrial.

Nos quartos, (exceto o quarto principal) paredes, teto e piso foram pintados de branco para dar maior claridade.  Além disso, foram escolhidos tecidos em cores claras e móveis despojados em pátina. Ao pintar as vigas de madeira , foi possível não só  reduzir o contraste entre vigas de madeira e telhado, mas também suavizar o ambiente rústico. Vamos entrar?

_445x675_parwolki_jola_skóra_13

 

_450x675_parwolki_jola_skóra_24

 

_453x675_parwolki_jola_skóra_23

_450x675_parwolki_jola_skóra_19

_450x675_parwolki_jola_skóra_18

_450x675_parwolki_jola_skóra_15

_450x675_parwolki_jola_skóra_22

_850x567_parwolki_jola_skóra_16

_850x567_parwolki_jola_skóra_20

_850x583_parwolki_jola_skóra_17

_450x675_parwolki_jola_skóra_35

_850x567_parwolki_jola_skóra_34

_429x675_parwolki_jola_skóra_49

_450x675_parwolki_jola_skóra_37

_450x675_parwolki_jola_skóra_02

_450x675_parwolki_jola_skóra_07

_850x556_parwolki_jola_skóra_38

_450x675_parwolki_jola_skóra_41

_450x675_parwolki_jola_skóra_48

_850x567_parwolki_jola_skóra_33

_850x567_parwolki_jola_skóra_36

_850x567_parwolki_jola_skóra_26

Amor A Primeira Vista


loft_paris_03

No verão de 2009, Charles e Julie Carmignac se apaixonaram. Não um pelo outro, mas ambos por uma casa. Eles estavam noivos e buscavam a futura morada. Foi no 14ºarrondissement que o casal encontrou aquele que se tornaria seu lar. “Ficamos totalmente cativados”, lembra Charles, membro da banda de folk rock Moriarty. Devido ao alto valor que o então proprietário, Dominique Borg, pedia pela propriedade, Charles e Julie seguiram olhando outras moradas. Visitaram cerca de dez delas, mas todas haviam perdido seu charme aos olhos do par. Era paixão.

Borg, que antes queria pela casa € 1,5 milhão (nem um centavo a menos), meses depois, aceitou a oferta do casal. Pagaram por ela pouco menos de € 1,3 milhão. Acabaram também comprando dele alguns móveis. Ambos gostaram do aspecto rústico e antigo da construção (erguida em meados de 1800), então optaram por não mudar nada neste âmbito. No entanto, levaram à morada peças que refletiam seu senso de humor e suas personalidades artísticas. Julie é atriz e escritora. A casa ganhou novo colorido, por exemplo, devido aos anjos que têm o rosto de Elvis Presley.

Embora o lugar seja ótimo funcionalmente – o estar é espaçoso, a cozinha é aberta, há um escritório e um banheiro no térreo, e, no andar de cima, ficam os dois quartos e outro banheiro –, seus moradores o curtem muito mais por suas características inusitadas. Entre elas: as plantas trepadeiras que sobem pelas paredes do lado de fora repletas de flores; o jardim cheio de rosas, louros e hortênsias; as grandes janelas piso-teto que dão à casa um aspecto de estufa; e, no quarto principal, a claraboia e o terraço repleto de verde. “Dentro de casa, a impressão é de se estar numa cabine no meio da floresta”, diz Charles.

Para Julie, a melhor parte é seu escritório, próximo da cozinha. Lá, a cobertura de vidro permite que ela veja o céu. Acostumada a trabalhar em casa, ela diz: “Adoro escrever neste cômodo quando a chuva bate no vidro”. A casa dos artistas é cheia de história e poesia. Som de Raphael Saadiq – 100 Yard Dash

loft_paris_01

loft_paris_02

loft_paris_04

loft_paris_05

loft_paris_06

loft_paris_07

Screen-shot-2010-10-28-at-8.47.59-PM

Screen-shot-2010-10-28-at-8.49.22-PM

loft_paris_08

loft_paris_09

Em Família……..


A casa renovada para acomodar uma família grande

casa

A casa não tinha o menor charme, mas Maribel fez a tranformação. Seus cinco filhos acharam absurdas as idéias malucas de sua mãe, mas estas idéias fizeram desta casa o lugar ideal para uma família grande.

Eles compraram essa casa exatamente para resolver os problemas de espaço de uma grande família. “A casa não era bonita e era decorada em estilo década de oitenta, em tons de amarelo e azul, sanefas em arco e frutas … mas era grande o suficiente para nós e para nossos cinco filhos, fizemos o nosso próprio espaço”, diz a proprietária Maribel Valero.

“O exterior também nos permitirá desfrutar de todo o ano ao ar livre.” O grande jardim com piscina, e vista para o mar  é acessado por um alpendre decorado como uma sala de estar ao ar livre com lareira. “Aqui nós comemos, recebemos os amigos e as crianças entram e saem livremente” O imóvel está livre de dourados e brilhos. “Queria esta casa luminosa e radiante, com ares de campo como Ibiza”.

Seu nome, “Disparate” sugere a reforma complicada que Maribel gerenciou. “Meus filhos a batizaram assim, porque era o que o meu marido pensava quando eu fazia qualquer alteração”, diz ela rindo. Mas, em uma família onde o cão é chamado Chewaka, este nome para a casa é o de menos. Um dos “disparates” de Maribel foi retirar o teto de madeira do primeiro andar, que unificou os novos quartos, com duas varandas cobertas . Ela também inventou um piso térreo aberto para o exterior, e uma espécie de sótão  com varanda, que serve de dormitório para os três rapazes. A “personalização” da casa foi completa,  e os seus próprios filhos ajudaram na pátina de alguns móveis .

Acompanhando esta visita, Elton John – Friends

casa1

A área externa é muito usada, aqui se serve o café da manhã e jantares íntimos para amigos.

 

casa2

Luz natural era o principal desejo desta moradora. Lugar delicioso para receber e passar as noites em família. Para os dias mais frios uma lareira maravilhosa.

 

 

casa3

A lareira foi projeto do arquiteto Nicholas Aguado, amigo da família. As vigas aparentes são um charme a mais.

 

 

casa4

Na sala de estar as vigas receberam pátina branca. O piso é de mármore envelhecido.

 

 

casa5

Detalhes tão importantes para uma casa, sempre flores naturais.

 

 

casa6

Mais detalhes, guardanapos de linho bordados, isto faz toda a diferença!!!!!!

 

 

casa7

O branco sempre predomina nesta casa. No chão, piso de azulejos hidráulicos. Luminárias feitas com cestos aramados.

 

 

casa8

Sala para pequenas refeições.As cadeiras são de ferro pintado.

 

 

casa9

Cada canto tem o seu charme. O quadro negro guarda anotações e lembretes.

 

 

casa10

Armários em pátina branca combina com as louças rústicas.

 

 

casa11

Closet. Os armários são revestidos de espelho e a porta ao fundo dá para o banheiro do casal.

 

 

casa12

A cabeceira da cama é um espelho emoldurado por uma antiga janela.

 

 

casa13

Detalhes de um dos quartos das crianças.

 

 

casa14

Quarto do casal, amplo e arejado. As cortinas em degradée são maravilhosas. A varanda praticamente faz parte deste quarto.

 

 

casa15

As estantes são de ferro pintado de preto, nesta casa arrumação é muito importante.

 

 

casa16

Neste canto charmoso funciona o escritório, aqui também uma pequena lareira para os dias mais frios. Este quarto é o sonho para qualquer pessoa, estou errado?

 

 

casa17

Vintage. ” Gosto de decoração com móveis antigos e tecidos com cara de um pouco usado, como essa cadeira estofada com pano de sacas”.