Em Uma Ilha Grega!!!!!


De acordo com o Instagram, a Grécia é um dos lugares mais populares para viajar nesta temporada. Depois de ver esta casa familiar que Isabel López-Quesada projetou, com o arquiteto Nikos Moustroufis, na ilha de Spetses é fácil ver o por quê. A base do piso azul e paredes brancas complementam perfeitamente a cor da água e os edifícios da Grécia, criando um lindo pano de fundo para a variedade de antiguidades que decoram a casa principal e duas casas de hóspedes. Os vastos espaços ao ar livre também são maravilhosos, e este é provavelmente o lugar onde eu gostaria de estar se fosse para esta ilha.

Quando compraram o terreno para construir sua casa de férias, o casal de gregos que vivia em Atenas tinha uma intenção: criar um espaço em que pudessem passar todos os feriados com os filhos crescidos, mas mantendo a privacidade de cada um. Por isso a habitação de 790 metros quadrados parece, por fora, uma casa só. A partir do pátio, porém, é possível perceber que são duas – cada uma com a própria cozinha, sala, quartos e banheiros.

O exterior, de arquitetura de Nikos Moustroufis, segue a estética geral da ilha de Septses: paredes brancas de pedra tipo conglomerado, telhado com argila vermelha e muito azul.

Na maioria dos ambientes, as tábuas do piso e o teto são dominados por esse mesmo azul claro e sutil. Ele dá a deixa para uma paleta de cores suave e praiana escolhida pela designer de interiores Isabel Lopez-Quesada.

Em uma das salas, uma chaise longue azul marinho convida os moradores a se aconchegarem. O espaço também possui duas antiguidades: uma poltrona caramelo e um baú de tom similar, com desenhos predominantemente vermelhos. O outro living, com uma daybed com dossel desenhada por Lopez-Quesada, reforça o gosto da família por espelhos. Dois deles alinham as paredes, emoldurados por conjuntos de conchas.

A sala de jantar possui um espelho inglês de 1950. Um banco antigo, com estofados de estampas variadas, está em um dos lados da mesa de jantar.

Descontração e sofisticação se misturam na cozinha, com backsplash de azulejos vintage e bancadas de mármore branquíssimo. No extremo ambiente, uma porta dá direto para o pátio principal. Cadeiras leves que parecem vindas de um parque cercam uma mesa de madeira pesada. Dali é possível ter vista para o mar e para a grande piscina da casa.

São dois pátios: um principal, com um pergolado e muitos lugares para descansar e aproveitar as tardes das férias; e outro, na parte superior da casa, que não possui cobertura. Acostumados com as luzes da capital grega, a duas horas da ilha, os moradores usam o pátio descampado para ver e aproveitar o céu estrelado.

O banheiro da piscina não possui um boxe tradicional! Ele é curvo e feito de tadelakt, um gesso marroquino à prova d’água.

À primeira vista é difícil explicar porque, fora a paleta de cores e mix de estampas, a casa é tão leve e descontraída. O truque foi, na verdade, evitar os tapetes e concentrar os tecidos nos estofados!

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Uma Casa Restaurada !!!!!!


Eles procuravam um lugar para reunir a família numerosa, e se depararam com esta casa bem antiga e em péssimo estado, que uma vez restaurada transformou-se em um lugar acolhedor e bastante confortável.

No final do século XIX, o dia a dia desta casa tinha pouco a ver com a vida de hoje. “É uma grande casa, de antigos indígenas das Astúrias, construída há mais de 150 anos. Sobreviveu a várias décadas de esplendor, até que foi abandonada e assim permaneceu por um longo período de tempo, sendo esquecida e deixada em ruínas”. A alguns anos atrás os atuais proprietários procuravam uma casa que fosse grande o suficiente para reunir toda a  família durante a temporada de verão. Queriam uma construção antiga, com um certo caráter e história. Quando encontraram este lugar, foi paixão á primeira vista. No topo de uma pequena colina, cercada por belas montanhas e exuberantes prados verdes, a casa estava em um estado lastimável, mas ambos acreditaram no enorme potencial que ela tinha.

Assim começaram os trabalhos, com a ajuda da designer de interiores Isabel López-Quesada e da arquiteta Marta Marin. “O edifício faz parte do patrimônio histórico, por isso, tivemos que manter ao máximo a sua aparência externa.”  No entanto, a parte interna tinha que ser completamente refeita, embora com materiais ou reproduções recuperadas respeitando o espírito da época. Além disso, houve uma mudança nos cômodos. Na casa original, os estábulos e armazéns ficavam no piso térreo, e no primeiro andar viviam os proprietários. Nesta reforma o piso térreo recebe a sala principal e todos os quartos ficam no primeiro andar. Para isso foram abertos espaços para portas e janelas, deixando entrar a luz natural e a paisagem deslumbrante na grande sala, sala de jantar e cozinha, onde esta família passa a maior parte do tempo.

Do jardim, com suas imponentes tílias e magnólias, entramos em um vestíbulo, dividido em dois por uma divisória de vidro, um quebra-vento. ” A zona externa é o primeiro corredor, onde trocamos os sapatos em dias de chuva, muito frequentes por aqui.” Após os painéis de vidro estão localizadas a área de boas vindas e a sala principal, com um sofá e uma lareira. ” Atravessamos depois uma pequena galeria que destaca a pedra cinzenta calçada com blocos de mármore branco, e chegamos ao quarto principal da casa, a sala de estar, dividida em duas salas. Uma para os meses frios, diante de uma lareira francesa de pedra do século XVIII. A outra, liderada por um belo armário de madeira branca, uma antiga farmácia. A sala de estar tem vista para as três fachadas, e a seqüência de janelas é como uma pequena coleção de cartões postais. A sala de jantar tem um papel de parede pintado á mão com imagens de árvores e pássaros que trazem o jardim para dentro de casa. A cozinha recria a atmosfera das antigos cozinhas rústicas, mas com tecnologia e conveniências modernas. O piso é de pedra, móveis de madeira laqueada com molduras, a pia de mármore e utensílios pendurados coexistem com modernos eletrodomésticos e uma ilha de trabalho prática, com uma poderosa capa com viseira de vidro.

Uma escadaria de madeira elegante desenhada por Isabel López-Quesada leva ao andar superior, onde ficam os quartos. O quarto do casal é uma suíte com a estrutura de “boudoir.” Um primeiro espaço funcional com closet e uma pequena sala, com o banheiro de um lado e o quarto no outro. “É como um pequeno apartamento,” diz o proprietário.Uma vez concluída a estrutura da casa, era a vez dos detalhes, minuciosamente escolhidos para complementar a decoração e dar a esta casa uma nova vida.

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Decoração Eclética !!!!


Completamente destruído, e com uma reforma muito mal feita, nos anos 70, este apartamento em Madrid, no bairro Senado foi um achado, apesar de todos os problemas e obras a serem feitas.  A designer de interiores, Isabel López-Quesada, praticamente demoliu o apartamento e o reinventou com toda a liberdade, sem seguir regras definidas na reforma anterior. Uma aventura para a qual contou com a completa cumplicidade da proprietária e para a qual usou conceitos cosmopolitas, e acima de tudo, uma completa autonomia. O luxo desta obra foi a preservação do estilo original deste edifício do século XVIII, mantendo os materiais e elementos arquitetônicos, juntamente com outras preciosidades, como os frescos do teto da sala principal, com um valor estético enorme. As cores, nesta pintura, parecem ter literalmente escorrido para os tons da decoração desta sala, através da tonalidade de tecidos escolhidos pela decoradora.

A distribuição dos cômodos não segue referências ortodoxas, e para aproveitar a luz natural que entra das quatro varandas, ficam nos extremos, o escritório, aberto para a sala de estar, e o quarto principal. “Aqui colocamos algumas portas antigas, de madeira e vidro, para não esconder a lareira e dar uma maior sensação de espaço. Na parte mais privada deste quarto está a cama”, explica Isabel López-Quesada. Um ponto de sua desinibição criativa é a forma circular dada ao espaço de jantar, e o tapete com um padrão geométrico de poder visual inquestionável. O resultado? um pied-à-terre para um casal e seus convidados que transpira uma atmosfera fresca e elegante, graças a sua riqueza cromática e sofisticação na mistura de mobiliário. Puro charme.

Som de Carly Simon – The Right Thing To Do

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Clássico Mas Nem Tanto


casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_229912557_875x1200

O salão, com vista para os dois pátios. Na parte inferior, um pilão de cimento, que transborda água. Papel de parede e duas cadeiras russas. Banco nórdico do século XIX . Todos os pisos térreos são em calcário belga .

Eram dois edifícios industriais e uma casa bem pequena em ruínas, no meio da cidade de Madrid, os restos destroçados de uma fábrica de cera, cercados de vários muros, um deles muito alto.Quando as pessoas passavam por aqui, fugiam aterrorizadas com o terreno imundo. Até que Isabel López-Quesada, decoradora de interiores descobriu este espaço. Visitando estes armazéns, ela percebeu  que era o espaço perfeito para colocar em ação uma série de novas idéias borbulhando na sua cabeça, formando uma pequena rebelião em seu estilo decorativo. Além disso, poderia construir não apenas sua casa, mas também o seu escritório de decoração. Em menos de 24 horas estes despojos, cerca de 800 metros quadrados eram dela, e em pouco mais de um ano, transformou os dois pavilhões, renovou a casa original, e construiu  quatro pátios com um jardim exuberante. “Como  decoradora, explica López-Quesada, prefiro reaproveitar do que construir, é muito mais divertido. Contei com a ajuda maravilhosa do arquiteto Pablo Carvajal, e o jardim ficou a encargo de Fernando Caruncho, um verdadeiro mágico “.

A casa é aberta, fresca e clara. Os quartos são interligados e todos virados para o pátio, assim como a sala de estar e a cozinha. Como temos duas escadas que dão para o segundo andar, uma saindo do corredor, e outra da cozinha, as duas se tornam completamente independentes. “Eu queria uma casa prática, com pisos de pedra no térreo, para que as crianças saíssem da piscina e pudessem molhá-lo sem medo, nada de tapetes ou cortinas, de modo que nada impedisse a entrada de luz e a visão dos pátios. A cozinha fica unida ao escritório em uma sala grande, e os banheiros enormes servem como quartos. “Quando eu digo que esta casa é muito simples as pessoas olham para mim estranhamente, mas é verdade, aqui a exuberância e luxo estão no espaço, em metros quadrados e na luminosidade  e clareza que invade tudo. Os materiais são ricos, mas não aparecem demais.

Isabel  queria todas as cores derivadas do branco: giz, gesso, areia, cinza ou cru, e que todas elas se misturassem de forma harmoniosa. A área mais frequentada é o pátio, que é um chamariz  para toda a família, nele está a piscina, que não é azul, está bastante oxidada e tem um tom de verde muito profundo, rodeada por uma sebe de bambu, onde crescem jasmins, rosas gigantes e azaleias. De frente para ela está a sala de estar, um dos quartos mais emblemáticos desta casa, em que todas as peças são misturadas com extrema liberdade. “Um dos meus maiores prazeres é descansar aqui após um dia de trabalho duro, outro, é ver a chuva cair sem parar.

Isabel López-Quesada é uma das estrelas mais importantes do panorama de decoração espanhola. Ela é conhecida por seu estilo caloroso e acolhedor, referência que buscou em interiores francês e inglês. Ao longo do tempo, Isabel aprimorou  um estilo mais fresco, mais despojado. Nesta casa estas mudanças são percebidas, com novos princípios, ou uma nova maneira de entender antiguidades, mais equilibrada, sem perder a sua marca de feminilidade e elegância. “Eu tenho a sorte de chegar onde cheguei bem jovem, mas com quase 20 anos de experiência. Gosto de tudo o que está nesta casa, porque eu acho que você tem que colocar apenas o que gosta, e retirar, dando ou vendendo, tudo o que já não combina com o momento atual de vida. Temos que mudar nossa mentalidade, nada é para sempre. Eu vendi tudo o que não pude trazer, e tirei um peso enorme de cima de mim, tudo o que trouxe foi colocado de uma maneira diferente, ganhando novos significados e importância.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_604128992_919x1200

As portas da sala de estar foram adquiridas de um palácio francês do século XVIII .

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_880349899_873x1200

Misturas sábias na sala de estar. Lareira ( século XVII ) comprada em um mercado de pulgas em Paris, cama de campanha inglesa, com colchonete em algodão listrado, mesas laterais dos anos 60,e bolas mexicanas.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_54881041_804x1200

Outro ângulo da sala de estar, com sofá em L estofado em  linho, e almofadas coloridas. A fotografia é de Juan de Sande  e a mesa de centro é de um design escandinavo dos anos 50 .

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_695326883_815x1200

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_456015178_1200x817

Na sala, sofás simples e retangulares, lâmpadas dos anos 50, e mesa em espelho da década de 80.  Acima da lareira do século XVIII, duas gravuras de José María Sicilia.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_562562251_1069x1200

Canto da sala, com mesa de pinho belga, tela de Deva Sand, e flores naturais.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_829322377_809x1200

Detalhes dos corais e do castiçal em ferro e louça.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_276524060_918x1200

Na sala de jantar, cadeiras francesas do séc. XVIII  estofadas com um veludo chocolate, console francês e pratos ingleses. Os castiçais de acrobatas foram herdados de família.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_412997707_892x1200

A cozinha é super moderna e tem vistas para o pátio central.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_405152156_850x1200

Na área de jantar, mesa de Stua e Harry, e cadeiras Bertoia.  No fundo, uma enorme pia de pedra comprada em um Garage Sale.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_105015297_807x1200

Esta pia de pedra, foi a primeira peça que Isabel comprou para a casa, ela encontrou-a em um Garage Sale de um armazém de Segóvia.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_189469394_847x1200

Área de estudo para as crianças.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_164376369_1200x789

No quarto principal, cama de dossel, mesa de cabeceira em espelho, e chaise longue.  Nos pés da cama, mesa sueca de Jon Urgoiti. Na lareira Louis XVI, duas pinturas a óleo da galeria Uriel Segui.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_159251752_839x1200

Banheiro principal.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_406543535_1200x803

Detalhes.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_901958811_936x1200

Quarto das crianças.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_840644264_814x1200

Lavabo social.

 

casa_en_madrid_de_isabel_lopez_quesada_296475198_844x1200

Pátio com entradas para todas as salas.

 

 

lopez_quesada_5735_805x1200

Piscina com cara de lago

 

A Casa de Isabel.


la_casa_de_isabel_lopez_quesada_892447108_1200x900

Era uma antiga fazenda de faisões em ruínas mas Isabel López-Quesada sabia que esta seria a sua nova casa. “Eu não queria um chalet e nem uma villa. Meu sonho era encontrar uma fazenda destruída e reformá-la ao meu gosto. “Nos arredores de Biarritz, o campo é verde e estende-se sob a forma de colinas onde crescem carvalhos. A casa de Isabel é branca, com as janelas pintadas de cinza, das varandas podemos ver o jardim com quatro hectares, projeto do paisagista Fernando Caruncho, e ao fundo, o campo. “Eu arrumei a casa original, com um telhado de duas águas, e depois acrescentei um grande pavilhão onde ficam  uma grande sala de estar, quarto de hóspedes e uma piscina. Assim, a casa estava mais focada na antiga fazenda “, diz a decoradora.

Ela acrescenta: “Eu queria uma casa simples e natural: o gesso caiado como antigamente, portas, pisos e vigas de madeira velha nua e crua, paredes quebradas dando um charme ao lugar.” Nesta casa, o luxo é a iluminação natural, e o tamanho dos quartos, materiais pobres, frescor, uma sofisticação muito simples que não tem nada a ver com o preço dos móveis e objetos. “O luxo foi poder projetá-la diz Isabel, e este estilo vai chamar-se de aparência luxuosamente decadente”.

No piso do salão, Isabel colocou algumas tábuas de madeira de uma antiga fábrica, madeiras recuperadas e resgatadas servem de pavimento para os quartos, e azulejos antigos para os banheiros.Em outras áreas usaram telhas antigas de barro  pintado de branco para os tetos.  Grandes janelas foram abertas para entrada de luz natural possibilitando a visão da linda paisagem.  Desde o dia em que ela assinou a compra, Isabel começou a comprar os móveis e objetos decorativos, continua até hoje comprando em antiquários de Madrid.

“Eu comprei compulsivamente. Você tem que levar tudo o que você gosta, porque se não,  perde a oportunidade”. Para colocar a casa em sintonia, ela escolheu tecidos em tons de branco, com toques de azul e de vermelho, e para influenciar a escolha natural acabamentos rústicos:  linho, estopa e algodão. Tecidos provençais ,tecidos de Bali e Bolívia.  “Eu gosto de jardinagem, plantar, podar e cortar, gosto de ter flores frescas nos vasos, e de grandes cochilos á tarde . É uma casa lúdica e será o meu retiro “, conclui .

Fundo musical do filme O Piano – The Sacrifice

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_722750233_1200x900

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_220987495_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_29014833_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_75367253_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_620562940_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_810224149_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_498237261_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_296135328_1200x900

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_514366053_1200x900

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_65492373_1200x900

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_457143075_1200x900

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_596204701_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_739558677_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_449015617_1200x900

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_196337630_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_926267106_1200x900

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_204458704_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_985934442_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_230070918_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_369864076_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_719979829_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_42874460_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_578238502_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_70854899_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_207645864_1200x900

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_981360424_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_270653475_900x1200

la_casa_de_isabel_lopez_quesada_604715715_1200x900