A Casa de Jason Basmajian !!


Quando Jason Basmajian, nativo de Boston e criador de moda masculina, estava procurando um refúgio fora de Paris, ele se apaixonou pelo Le Couvent, uma casa rosa, construída no final do século XIX. Na época, ele trabalhava em Paris, como designer-chefe da marca de artigos de luxo ST Dupont. Desde então, Basmajian foi o mentor criativo por trás de marcas de moda masculina, como Brioni e Gieves & Hawkes, atualmente é diretor de criação da marca de luxo Cerruti. Embora ele agora esteja morando em Londres, o homem dinâmico em movimento ainda consegue escapar para Le Couvent nos fins de semana e feriados.

Localizado na pitoresca região de Sancerre, este retiro de fim de semana parece ter tudo. Em suas palavras, Basmajian estava procurando por “arquitetura interessante, não muito grande, algo para refazer com potencial”. Le Couvent fechou a conta, e a cor rosa antiga do exterior selou o acordo. As árvores eram lindas e ainda havia belos jardins e bosques ao redor.

Embora ele basicamente mantivesse a planta original, todo o telhado teve que ser substituído imediatamente, e todo o encanamento foi instalado junto com aquecimento no piso. “Deixei todos os rangidos do chão e quis manter a sensibilidade da casa antiga, mas com todos os confortos modernos”, diz ele. O hall de entrada principal foi ampliado e ele quebrou a parede para fazer uma cozinha maior. Janelas foram adicionadas para entrar mais luz. A parede da biblioteca foi removida e substituída por vidro, dando vista para a escadaria que leva aos quartos.

A casa original não tinha banheiros, então onde colocá-los? Basmajian foi inspirado por algo que ele viu em Amsterdã, onde todos os banheiros foram colocados nos sótãos e “isso me deu a idéia”, ele explica. “Eu coloquei o banheiro principal e a suíte no sótão acima do meu quarto e outro banheiro de hóspedes do outro lado da casa para os dois quartos. Estar lá em cima parece uma casa na árvore. Toda a residência é projetada para ser “aconchegante”, nas palavras do proprietário. “Eu gosto de viver no estilo contemporâneo, aconchegante, atemporal e luxuoso, mas não pretensioso”. A paleta de cores é toda preta e em tons da natureza, aqui tudo é sobre textura e cor.

Os interiores estão muito em diálogo com o espaço exterior. “Eu criei o terraço, plantei buxinhos e um jardim de ervas e condimentos, atrás da cozinha. Queria separar a propriedade de um caminho comum, então construí uma parede de troncos, inspirada pelo artista Andy Goldsworthy. Há também um charmoso salão ao ar livre que é muito usado durante os meses mais quentes. Esta é uma casa para todas as estações. Maravilhosa no inverno com as lareiras e ótima nos meses mais quentes com vida ao ar livre e muito para fazer em toda a área. É realmente uma casa para recarregar as baterias.

Som de James Morrison – Please Don’t Stop The Rain.

Jason Basmajian

Uma Casa Holandesa !!


Vocês também gostam de casas suecas decoradas para Natal? Inspirem-se na deslumbrante casa holandesa de Harrie e Leny, decorada para estas festas em estilo tradicional escandinavo. Apaixonada pela decoração vintage sueca, Leny vai muito além nesta época especial do ano, enchendo a casa de folhagens perfumadas, decorações antigas e claro, muitas velas que dão uma sensação aconchegante.

Preparando refeições e assando bolos, Leny está em seu lugar preferido na corrida para o Natal. Seus olhos brilham quando ela diz: “Eu prefiro cozinhar para 30 pessoas do que apenas para nós dois!” Ela é uma ótima cozinheira e nesta antiga fazenda do interior holandês, que tem sido a casa de Leny e seu marido Harrie há 44 anos, há sempre uma delícia carinhosamente preparada, um bolo de frutas fresco, uma sopa saudável com almôndegas ou uma caçarola deliciosa. Suas refeições são sempre servidas lindamente também, decoração é a segunda paixão de Leny, uma das razões pelas quais ela prefere ter todas as cadeiras ocupadas. “Quanto mais pessoas temos, mais tenho para cozinhar e decorar”, diz ela, “o ponto alto do meu ano é a mesa de Natal.”

Esta casa nem sempre foi tão acolhedora e confortável. Quando Leny e Harrie a compraram em 1974, não havia nada disso, apenas uma pequena cozinha, um pequeno quarto com beliches embutidos e um banheiro no estábulo. O banheiro era um espaço minúsculo com um balde estrategicamente posicionado sob uma torneira.

Pelo mesmo preço, podiam ter comprado uma casa recém-construída. Mas por três anos procuravam pela casa dos sonhos, uma pequena fazenda, e apaixonaram-se por este lugar, rodeado de prados. O estábulo transformou-se em uma grande sala de estar, com um mezanino que já foi o palheiro, um novo quarto aconchegante e um banheiro confortável foram criados. No entanto, o melhor de tudo foi a extensão de cozinha e área de refeições, construída em 2003, com portas francesas que dão para um espaço de jantar ao ar livre com vista para o jardim.

As cores naturais da madeira e nuances de branco e cinza criam um pano de fundo legal para os toques dos tecidos azuis e da extensa coleção de louças de Leny. Outras cores aparecem, dependendo da estação. Nesta época do ano há um pouco de verde e reflexos de vermelho. Há muito brilho, especialmente na enorme árvore de Natal que quase toca o teto. “Nossas decorações de Natal são bastante simples no geral, mas a árvore e a mesa são definitivamente vestidas para impressionar!”

Velas queimam em toda a casa, e o fogo na cozinha crepita e espalha o cheiro de aconchego. A área da cozinha é o coração da casa. “Adoro quando amigos e familiares acabam de chegar à porta dos fundos”, diz Leny, cortando uma fatia grande de bolo. Não é de admirar que uma grande cozinha de plano aberto fosse a principal prioridade em sua lista de desejos.

Som de Elton John – Friends

 

 

Em Clima de Natal!!!


Na casa da decoradora Elena Castells Poch, o Natal é uma época de felicidade. “Passamos o Natal aqui em casa. Convidamos toda a família e as crianças a participarem de todos os detalhes”. Sua árvore de natal mede 2,70 metros e é linda. Elena providenciou para que este apartamento fosse adaptado às necessidades de sua família. Ela se fez a a mesma pergunta que sempre faz aos seus clientes: “Eu sempre pergunto o que você quer manter e do que você não se desfaz de maneira nenhuma.” Neste andar, a decoradora manteve o canto da biblioteca, que é “tão inglês” e dá calor a esta área.

“Abrimos a cozinha, mas colocamos uma parede de vidro para fazer a delimitação . Em um dia como o Natal ou outros eventos, é agradável para ter tudo à mão à medida que chegam os convidados. A decoração da cozinha é marcada pelo lustre na sala de jantar. Como contraponto, apostamos na madeira para os móveis “, explica Elena. O móvel que faz a divisão da cozinha é usado para armazenar louças, e o outro lado que dá para a sala de jantar serve como um aparador.

Som de James Blunt – High

Estocolmo Com Detalhes Dourados !!


Este apartamento de apenas 87 metros quadrados em Estocolmo realmente se destaca no contexto de apartamentos escandinavos típicos. Em primeiro lugar, pelo mobiliário, um sofá como se estivéssemos em um apartamento de luxo parisiense, cadeiras de jantar de design, objetos de arte como decoração. Em segundo lugar, os detalhes em tom de ouro são o tema principal da decoração, como a mesa de centro, tigelas, pratos e lâmpadas, que adicionam glamour ao design sem excessos. Também é muito interessante olhar para as portas de madeira ásperas que ligam a cozinha com a sala de estar. Um olhar incomum e moderno no design escandinavo.

Um Caso de Amor !!!!


Alguns anos atrás, como uma forma de a parabenizar pelo ótimo trabalho, conhecidos em comum começaram a telefonar para Elizabeth Ingram para lhe dizer que Alton Brown gostava de vários restaurantes que ela projetara em Atlanta, que incluem Beetlecat, Marcel, Superica El Tigre, e agora, Golden Eagle.

Mas havia apenas um problema: “Ela não sabia quem eu era, então não fazia sentido para ela!” Isso pode parecer difícil de entender para qualquer um que já tenha se conectado à Food Network nas últimas duas décadas: Brown é o criador e apresentador do Good Eats , e principal comentarista do Iron Chef America e do Cutthroat Kitchen, de lá, seu curriculum vitae continua. Mas este mês, na frente de amigos e familiares em Charleston, ele adicionará mais um título ao seu currículo: o de marido de Ingram.

Talvez a ignorância inicial de Ingram em relação a Brown se devesse ao seu próprio nível de sucesso: na indústria de design de restaurantes, bares e residências, Ingram tem sido uma designer muito requisitada desde o tempo em que Brown trabalhava na televisão; no ano passado, ela até lançou sua própria linha de móveis, que inclui elegantes bancos, cadeiras e sofás. Apesar de muitos projetos, Ingram encontrou tempo para participar de uma noite de autógrafos de  Brown para seu livro, EveryDayCook , em outubro de 2016.

Brown deu a Ingram seu cartão, inicialmente esperando conseguir sua ajuda para refazer a sala de estar de seu escritório. Mas logo, ele precisou novamente de seus serviços: a reforma e a decoração de um apartamento em Marietta, na Geórgia, que Brown comprou sem saber como era o interior.

Em uma reviravolta do destino, a compra deste apartamento pode ter sido uma das melhores decisões que ele já fez. Depois de enviar um e-mail a Ingram dizendo que poderia ​​haver um upgrade na relação de trabalho, de um pequeno apartamento e um escritório a um grande loft, o casal embarcou em uma renovação de sete meses, e o início de um namoro que começou no verão de 2017. A capacidade de Brown de deixar Ingram seguir em frente no processo de design e a aptidão do casal para trabalharem juntos também ajudou no romance entre eles.

Logo logo, acabou se tornando a casa de Ingram. Ela agora reside no apartamento de três quartos estilo loft que ela inicialmente projetou para Brown. “Em algum momento, as reuniões se transformaram em encontros, diz ele. “Eu não vou mentir, comecei a ansiar por vê-la mais do que ao espaço.” O casal ficou noivo em abril de 2018, pouco mais de um ano depois de terminar o trabalho no apartamento.

Brown não está apenas dizendo isso porque a arquiteta que ele contratou em breve será sua esposa também, mas ele afirma que nunca morou em um lugar em que não quer sair para trabalhar de manhã, e em que mal pode esperar para chegar em casa no fim da tarde.

Som de Michael Bublé -Feeling Good

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Precisa de ajuda? Quer organizar o seu guarda roupa? Duvidas para combinar peças que já tem? Entre também em contato pelo blog, ou pelo E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Um Apartamento Pequeno na Suécia!!!!


A primeira coisa que chama a atenção neste elegante apartamento sueco de 86 m² é a altura do pé direito, não usual neste tipo de habitação, mas se considerarmos que é em um edifício do final do século XIX, fica mais fácil de entender. As janelas espetaculares terminaram com um arco em forma de ogiva, e apesar da grande dificuldade foram mantidas e restauradas.

A luz natural flui e se reflete nas paredes brancas, tetos, vigas e piso, assim como na decoração. Apenas quebram a aparência branca total, elementos de madeira natural ou pintados de cinza claro, como os móveis da cozinha.

A sala de estar é separada do quarto por uma grande e moderna janela de vidro, dando mais privacidade para a área intima, mas com muito espaço para móveis, uma cama grande e um closet.

O mobiliário e decoração em estilo nórdico é simples para não tirar o foco dos elementos arquitetônicos e estruturais. Espero que gostem.

Som de Adam Smith – Pray

 

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Precisa de ajuda? Quer organizar o seu guarda roupa? Duvidas para combinar peças que já tem? Entre também em contato pelo blog, ou pelo E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Uma Casa Portuguesa!!!


Chegou a hora de contar e mostrar um pouco sobre a nossa casa, mostro tantas casas maravilhosas no blog e aproveito tantas ideias para mim mesmo que resolvi compartilhar com vocês o lugar onde me sinto mais feliz. Nos mudamos para este pequeno prédio de apenas três andares há aproximadamente cinco anos, e foi a melhor escolha que poderíamos ter feito. Anteriormente morávamos em uma casa enorme, no bairro Hugo Langue com três andares, um jardim enorme e espaço de sobra para uma família de seis pessoas. Eu e Ruth temos quatro filhas, Manuela, Carolina e as gêmeas Joana e Lucia. É uma família grande e a casa acompanhou todo o crescimento das quatro crianças. Muito espaço para brincadeiras, e uma área externa que sempre foi muito bem utilizada, tanto pelas nossas filhas como pelos cinco cachorros que tínhamos na época. Construímos até uma casa de madeira em cima de uma grande árvore, na parte frontal da casa para as crianças. Fomos muito felizes neste lugar, e recordo com saudades do tempo em que ali vivemos cada vez que passo perto. Foi nessa casa que nos casámos, em um almoço fantástico, com nossos familiares e melhores amigos, não foi um casamento de arromba, mas foi um casamento que as pessoas se lembram até hoje, 20 anos depois.

Bom, as crianças cresceram, a casa se tornou grande demais, havia salas que nem usávamos mais, só quando recebíamos, e as despesas de um lugar grande são sempre enormes, jardineiro, empregados, segurança etc, etc. Decidimos mudar para um apartamento, em princípio nas redondezas, já que o bairro era conhecido e bastante sossegado. Eu sempre quis uma varanda grande, que suprisse a falta do nosso jardim. Procurei durante quase um ano pelo lugar dos nossos sonhos em todas as agências imobiliárias pela internet, até que vi as fotos deste apartamento, e de cara quis que fosse nosso. Tinha apenas um problema, só dois quartos para seis pessoas. Parecia impossível, mas a todo custo quis ver ao vivo. Nos encantamos na primeira visita e já fazíamos planos para nos adaptarmos a este espaço, principalmente pela área externa, que nos levou a fechar negócio. Um apartamento no primeiro andar, com uma área externa em que eu já planejava fazer um pequeno jardim? Não tinha muito o que pensar. O segundo quarto era gigante e foi transformado em 2 quartos menores, cada um com duas camas. Paredes foram derrubadas, portas foram abertas e banheiros foram completamente destruídos e renovados.

Como encaixar móveis de uma casa com 800 metros quadrados em um espaço bem menor? Isso também foi fácil, mas ao mesmo tempo dolorido para mim que sou apegado aos meus móveis, mas sabia que era um novo momento na nossa vida e que a página tinha que ser virada. Separamos as peças mais importantes, as que nos traziam recordações de família, coisas herdadas e trazidas de viagens memoráveis, e o resto foi vendido em um Garage Sale pelo Facebook. Tudo vendido, e assim nos mudamos em um feriado de Carnaval. As crianças foram para casa dos avós, eu e Ruth trabalhamos sem parar, e na quanta feira de cinzas a casa estava montada e pronta para ser habitada.

Eu sempre gostei de decoração de interiores, adoro fazer cenários e mudanças na casa. Um sofá revestido de um outro tecido, paredes pintadas de outra cor, móveis que mudam de lugar, isso eu faço constantemente e parece que sempre fica melhor, o espaço e a circulação melhoram. Casa para mim tem que ter história e tem que ser cheia, acho espaços clean muito impessoais, tipo saguão de entrada de um hotel. Claro que chega uma hora que não cabe mais nada e aí só compro se tiver que me desfazer de alguma outra peça, é muito bom entrar em uma loja de móveis ou coisas de casa e pensar “é tudo lindo demais, mas não preciso e não tenho mais espaço”, é libertador. Me lembro sempre de quando era menor e adorava olhar para dentro dos apartamentos quando passeávamos de noite, e ver como as pessoas viviam, o que aparecia no pequeno quadrado das janelas, já naquela época eu era um apreciador de decoração de interiores.

As crianças não são mais crianças (que pena), a mais velha, Manuela foi morar sozinha a duas quadras da nossa casa, Carolina, a do meio foi morar no Rio de Janeiro com a avó, as gêmeas continuam morando conosco por enquanto, e aí a última reforma foi fazer um quarto para cada uma. Aqui em casa as reformas nunca terminam, sempre tem alguma coisa a ser melhorada ou modernizada, nada pior do que uma casa que não se renova, tem gente que mora com a mesma decoração dos anos 70, o mesmo papel de parede, o mesmo tecido nos sofás, bom, tem gente que não liga a mínima para onde mora nénom? Acho triste e deprimente. Muito bem vindos á nossa casa em que estilos se misturam, o moderno se dá com o mais antigo, antiguidades convivem com objetos de design, um apartamento com cara de casa, uma casa com cara de loft. Boa semana para todos!!!!

Som de Justin Timberlake – Say Something

 

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Precisa de ajuda? Quer organizar o seu guarda roupa? Duvidas para combinar peças que já tem? Entre também em contato pelo blog, ou pelo E-mail nunoalmeida61@gmail.com