Uma Casa Na Floresta!!!!


Se vocês já sonharam como eu, com uma casa no meio da floresta selvagem, há uma boa chance de que ela seja mais ou menos como esta. Os proprietários desta magnífica casa de campo nos Estados Unidos têm a sorte de viver neste  lugar de conto de fadas.

Tamanho não é documento, como esta família do sul da Califórnia descobriu durante visitas ao seu retiro de férias, em St. Helena. “Queríamos construir uma segunda casa para os hóspedes e nós ficaríamos na casa principal”, diz a esposa. “Mas à medida que o tempo passou, percebemos que queríamos uma estrutura menor e mais eficiente para nós.”  Trabalhando com o arquiteto Lucas Wade e a designer Jennifer R. Macdonald, o casal queria uma estrutura que parecesse local, e com esse conceito, a casa começou a tomar forma. “Muitas vezes, quando você está nesta região de vinhos, há uma tendência natural para um estilo de celeiro ou uma construção agrícola”, diz Wade.” Mas esta casa parece com uma cabine de bosque envolta por uma varanda. É acolhedora, mas ao mesmo tempo arejada, um verdadeiro ninho com uma vista de perder o fôlego.

Embora a paisagem ao redor, com suas vinícolas e montanhas ao fundo fosse infinita, havia um limite, nesta região para a área construída, e desta forma Wade optou por criar uma sensação de espaço, através do máximo aproveitamento da luz natural. As paredes externas parecem texturizadas, e são de cedro vermelho patinado. A pedra da lareira externa é da própria região, e o arquiteto maximizou o uso de vidro, em portas e janelas. Além disso, ele projetou um monitor de luz, feito de altas janelas com grades, para trazer a luz salpicada para baixo através do grande dossel de árvores.

Dentro dessa concha cheia de luz, Wade e Macdonald, que trabalham juntos há bastante tempo, assim como neste projeto, escolheram uma paleta básica de materiais internos. “Foi importante trabalhar no design interno logo no início do projeto, de modo a que todos os acabamentos e cores combinassem perfeitamente”, diz Macdonald. Para isso a dupla cobriu as paredes interiores com madeira recuperada e depois aterrou o espaço com pisos de concreto. Elementos em  aço, dão leveza ao excesso de madeira.

Na organização do layout, Wade manteve os principais espaços comuns em uma grande sala com cozinha separada, sala de jantar e áreas de estar. Uma escada conduz a um loft de dormir aberto. Dada a natureza aberta de todo este projeto, Macdonald trabalhou com uma paleta de cores de várias tonalidades de cinza verde e prateado inspirado na paisagem. Ela escolheu um verde profundo para os armários da cozinha e fez uma parede de azulejos espelhados atrás da área do fogão. Ela também teve um grande cuidado ao selecionar ou projetar os móveis para que estivessem de acordo com a escala da sala. “Mas algumas coisas tiveram que ser colocadas e direcionadas para fora, aproveitando a vista maravilhosa e também para ser funcional para a família.” Para ajudar a atender a essas metas, ela desenhou um sofá e chaise para a área de estar e ainda definiu o espaço com um tapete de lã. Uma grande mesa externa de jantar faz também um recanto para leitura, e para o loft de dormir no andar de cima, Macdonald colocou duas camas individuais feitas com rodízios para acomodar o casal de filhos adolescentes ou os hóspedes que os visitarem.

Além dos espaços arejados, o construtor Andy Bannister também teve de lidar com tudo o que acontece nos bastidores. “Parte do desafio de uma casa menor é que ela ainda tem todos os componentes de uma casa grande”, observa Bannister. “Tivemos de harmonizar e sincronizar, para fazer com que todos os componentes elétricos, como a fiação, combinassem com o teto de vigas expostas.”

Outra característica do conceito aberto veio com o design do quarto principal. Lá, o quarto é envolvente, e Wade adicionou uma varando com telhado, criando um efeito de sala-dentro-de-um-quarto. Macdonald escolheu a paleta de cores inspirada na natureza para o quarto, e incluiu acentos de ametista pálido. Assim como no quarto principal, a relação de trabalho entre Wade e Macdonald é evidente em toda a casa. Eles criam projetos onde o design interior não se sobrepõe sobre a arquitetura. “Em vez disso, ele fica embutido dentro dela.” Adiciona Macdonald: “. Quando os materiais interiores, acabamentos e móveis complementam a arquitetura, a linha entre arquitetura e design é bem tênue”

Fundir a linha entre a casa e seus arredores foi a tarefa da paisagista Claudia Schmidt, que incorporou uma combinação de pedras, gramíneas nativas, arbustos e plantas perenes na propriedade em declive. “Eu usei gramíneas baixas e perenes para dar uma sensação de prado, que deixou a casa aberta para a vista”, diz Schmidt. “Nós também adicionamos árvores nativas para partes da floresta existentes, com interesse sazonal.”  Para os proprietários, a casa de hóspedes, que eles chamam de casa de campo, está bem melhor do que eles poderiam ter imaginado. “Nós preferimos espaços menores, e nem ficou tão pequeno assim”, diz a esposa. “Nos fez ver que não precisamos de muito para viver de forma simples e confortável.”  Tudo bem, nem tão simples assim, e nem tão pequeno assim não é???

Som de Genesis – Afterglow

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Oásis Na Califórnia !!!!!!


O frescor da vida rural, mais espaço e um ritmo de vida mais lento fez o casal Brooke e Steve Giannetti criar esse oásis magnífico em meio às colinas de Ojai, na Califórnia. Eles saíram da agitada Los Angeles e mudaram de vida. Agora vivem com os filhos, no meio de cães, cabras e um coelho; em quatro hectares e meio de prados e pastagens. A casa está aninhada entre ciprestes e carvalhos, rosas e lavandas, jardins de buxinhos e sinuosas plantações nativas. Tudo podendo ser observado do terraço que parece secular, mas foi feito em 2012.

Para a decoração da casa, foi utilizado linho, sisal, muita madeira, tudo para garantir uma casa aconchegante e fresca. A casa flui em torno de materiais rústicos e tecidos naturais em uma paleta de cores suaves e neutras.

Patina Farm, como é conhecida esta fazenda foi projetada pelo casal Brooke e Steve Giannetti, ele um arquiteto, ela uma decoradora de interiores. Há anos que sigo o blog deste casal, http://www.brookegiannetti.typepad.com, acompanhei a construção desta casa desde os primeiros desenhos e maquetes. Foram muitas viagens para garimpar todos os detalhes, e para a inspiração deste projeto. Todas as árvores, trepadeiras e inúmeras plantas foram trazidas de fora através de um projeto de paisagismo que me parecia impossível. Tudo isso aconteceu em 2012, e em 03 anos o resultado é assombroso e maravilhoso, parece que esta casa sempre esteve aqui.

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

 

Clássico e Luxuoso !!!!!


9355SunnyBrook-0405

Esta casa impressionante é marcada por luxo, elegância e estilo shabby chic com paredes externas de pedra, grandes janelas e uma fantástica fonte central. Fica em Sunnybrook, Califórnia, EUA, e foi recentemente reformada pelo escritório de arquitetura Stocker Hoestere Montenegro  Architects. O interior transborda opulência, todos os quartos são luxuosamente mobilados e o piso é de pedra ou madeira, com detalhes em ouro reluzente. Uma das coisas notáveis ​​sobre esta casa é a biblioteca que se estende do chão ao teto e é o escritório da casa. É feita de madeira rústica e tratada em cera de abelha.

O corredor principal mostra as curvas orgânicas da escada, enquanto a cozinha tem um teto de tijolos maravilhoso. Esta casa é uma delícia rara com acabamentos rústicos, mas elegantes, venham conhecê-la !!!!!!!

Som de Selena Gomez- The heart wants what it wants

9355SunnyBrook-0036

9355SunnyBrook-0217

9355SunnyBrook-0233

9355SunnyBrook-9988

9355SunnyBrook-9995

9355SunnyBrook-9928

9355SunnyBrook-0183

9355SunnyBrook-0111

9355SunnyBrook-9882

9355SunnyBrook-0058

9355SunnyBrook-0068

9355SunnyBrook-9861

9355SunnyBrook-0297

9355SunnyBrook-0290

9355SunnyBrook-0461

9355SunnyBrook-0450

sunnybrook-project-by-stocker-hoesterey-montenegro-architects-18

sunnybrook-project-by-stocker-hoesterey-montenegro-architects-19

Detalhes Étnicos


 

Esta casa foi construída no ano de 1920, tendo uma decoração tradicionalmente inglesa. Nesta época usavam-se móveis mais leves e antiguidades, as pessoas colecionavam peças de todos os lugares do mundo.O ” home designer ” conta que para este projeto foram tomadas várias direções em vários estilos. Azulejos mexicanos,móveis coloniais ingleses,estanho marroquino e espelhos sírios. Antigas urnas chinesas transformaram-se em abat-jours, todos estes elementos com a qualidade do trabalho manual.A decoração desta casa sempre melhora com o tempo. Ottmar Liebert faz o fundo musical de hoje, com Barcelona Nights

01-hbx-sunbrella-curtains-dalton-0414-de-large_new

A sala externa coberta deste espaço em Santa Monica – Califórnia foi criada pelo designer David Dalton, um espaço aconchegante com cortinas á prova de sol e uma lareira decorada com azulejos mexicanos.A mesa central é da Indonésia e os jarrões do Marrocos.

 

02-hbx-knole-sofa-dalton-0414-6XHGTu-lgn

Aqui, uma mistura de antiguidades chinesas,bambu e mesas indianas de metal.O sofá e as duas poltronas clássicas são forradas de linho, assim como o banco otomano. Plantas e flores são sempre bem-vindas.

 

03-hbx-michael-s-smith-ships-table-dalton-0414-de-large_new

Nesta mesma sala, detalhe de um canto encantador.Este móvel de madeira foi recuperado e pintado. Acima, um espelho maravilhoso todo trabalhado em madrepérola e trazido da Síria. A lanterna é marroquina. Um arranjo de folhas gigantes é simples e requintado.

 

04-hbx-walnut-top-island-dalton-0414-de-large_new

A cozinha é uma verdadeira festa para os olhos.Móveis clássicos de madeira suavizados pelos azulejos mexicanos e coifa clara.Uma ilha central serve de mesa de refeições ligeiras, mesa de trabalho e guarda os livros de receitas.

 

05-hbx-wing-dining-chairs-dalton-0414-de-large_new

Sem dúvida é uma casa clássica, mas com pequenos toques de modernidade. Nesta foto a sala de jantar, onde Dalton desenhou a base de mesa.A ideia era que esta base combinasse com o trabalho em ferro das janelas.

 

06-hbx-jasper-moghul-curtain-panels-dalton-0414-de-large_new

Detalhe desta mesma sala, as poltronas recebem um trabalho em tachas e dois enormes painéis de seda, indianos funcionam como quadros.

 

07-hbx-antique-pedestal-table-dalton-0414-de-large_new

Estantes são importantes para quem aprecia e tem muitos livros, a disposição dos objetos é sempre uma arte a ser estudada. Neste pequeno canto de leitura, a mesa e a cadeira indiana, também trabalhada em madrepérola formam um par improvável mas harmonioso.

 

08-hbx-bamboo-bed-dalton-0414-de-large_new

Este post começou a partir desta foto, a combinação destes dois tons de azul e castanho é simplesmente arrebatador. A roupa de cama ( maravilhosa ) casa com as cortinas, e a cabeceira de bambu é um sonho. Uma combinação chique e atemporal.

 

11-hbx-vintage-iron-chairs-dalton-0414-de-large_new

Terraço – Duas poltronas restauradas em ferro e couro ladeiam um antigo tambor de chuva vietnamita. Um lugar bastante usado pelos donos da casa para longas conversas ao final da tarde. Este pequeno terraço fica de frente para o quarto do casal.

 

12-hbx-outdoor-wrought-iron-staircase-dalton-0414-de-large_new

Unindo o terraço superior ao jardim, uma escada de ferro em caracol, típica de fazendas mexicanas.Aqui acontecem os churrascos em família, novamente azulejos mexicanos dando um charme extra para os degraus.

Um Luxo de Casa


VER-House-of-Windsor-1

A designer desta casa de campo conseguiu demonstrar o verdadeiro significado da palavra luxo neste projeto e nesta decoração que vocês vão ver. A visita é demorada, então fiquem na companhia desta música maravilhosa do filme – O Piano

VER-House-of-Windsor-2

Smith gosta de se denominar de ” lifestyle architect “, acredita na união da família através da decoração e planejamento de ambientes.” A tecnologia pode separar as pessoas ” diz Smith, e nós podemos melhorar os relacionamentos de acordo com a forma como planejamos os espaços.VER-House-of-Windsor-3

VER-House-of-Windsor-4

A cozinha desta casa é do tamanho de uma sala de visitas, para receber muitos convidados.Duas luminárias enormes de tecido negro ladeiam um rack de metal onde são penduradas as panelas. As cadeiras são desparceiradas e de estilos diferentes.VER-House-of-Windsor-5

Em uma casa com grandes espaços para eventos, foi criada esta pequena sala de jantar, que acomoda facilmente 4 a 6 pessoas em jantares mais íntimos. No lugar do tradicional lustre, uma antiga lanterna de ferro, os objetos decorativos foram adquiridos em inúmeras viagens com um olhar de quem conhece boas peças.VER-House-of-Windsor-7

Para reduzir o tamanho desta sala, o espaço foi dividido em duas partes, a mesa repleta de livros de arte e decoração recebe dois grandes sofás de costas um para o outro. Esta simetria tem um efeito imponente. O lustre deslumbrante de cristal, tem pendentes em formato de peras e cachos de uva, na parede uma obra de arte contemporânea.VER-House-of-Windsor-6

Um corredor com a parede repleta de gravuras antigas emolduradas de várias e diversas formas parecem estar ali através de gerações. O banco pertenceu a uma antiga igreja.VER-House-of-Windsor-8

VER-House-of-Windsor-10

Armários feitos sob medida para este lavabo. O foco fica por conta do espelho de marfim todo trabalhado em uma renda maravilhosa.VER-House-of-Windsor-12

O quarto não é enorme comparado com os outros espaços, então foram feitas escolhas de impacto. A cama antiga de ferro foi emoldurada por um dossel criando dramaticidade, os tecidos ( escolha dos proprietários ) foram um requisito obrigatório nesta decoração.VER-House-of-Windsor-14

Neste outro quarto aparece novamente uma cama de dossel com uma coroa no topo, aqui as cortinas foram dispensadas. As mesas de cabeceira são diferentes

VER-House-of-Windsor-16

VER-House-of-Windsor-17

VER-House-of-Windsor-18

Os jardins desta casa são maravilhosos e muito bem cuidados. Uma mesa de concreto com cadeiras de palha sintética fica perto da grande lareira, as noites da Califórnia são frias e merecem este conforto. Este pequeno e antigo estábulo foi transformado em atelier da proprietária, aqui ela pode pitar os seus quadros e relaxar longe da confusão da casa grande.VER-House-of-Windsor-20

Maravilhoso não? Este é um lugar que respira tranquilidade e calmaria, uma verdadeira casa de luxo, e um verdadeiro luxo podermos compartilhar destas imagens. Fiquem bem e tenham uma semana cheia de coisas boas.

A Casa de Patrick Dempsey


cn_image.size.dempsey-cars-01-porsche-356-cabriolet-h670O tempo tem o poder de suavizar o que antes parecia radical e avant-garde. Em 1968, quando Frank Gehry ( arquiteto canadense, ganhador do Pritzker Prize, tido como o Nobel da arquitetura ), começou a trabalhar em um projeto de casa combinada com estúdio, para o jogador de baseball Ron Davis em Malibu – Califórnia. Nesta época Gehry ainda era um “forasteiro”,começando as suas experiências revolucionárias com formas e materiais. Aproximadamente 50 anos depois ele ganhou quase todos os prêmios e honrarias da sua profissão. O espaço de trabalho em forma ondulada e revestida de metal criado para Davis, deu lugar á acolhedora e bem decorada casa em que mora o ator Patrick Dempsey e sua esposa Jillian que é designer de joias, junto com os três filhos. “Estávamos procurando por um pedaço de terra, e uma casa com algum significado arquitetônico”, palavras do astro de Grey’s Anatomy quando procuravam por este espaço, cinco anos atrás. “A simplicidade do exterior me atraiu  e entrando tive uma sensação de paz. Para qualquer lugar que se olhe havia algo visualmente agradável”. Claro que a transformação de um atelier boêmio em um lar não aconteceu do dia para a noite. Quando Patrick e Jillian se mudaram com os três filhos a dinâmica do lugar foi transformada. O arquiteto Shrader acrescentou pátios dianteiros e traseiros pavimentados com paralelipípedos recuperados, plantou jardins exuberantes com bancos de alvenaria e muros baixos de concreto. Fez ainda uma área de lazer ao ar livre com um enorme gramado para jogos de futebol, uma cozinha também externa e uma sala de jantar bem arejada, encimada por um dossel de vime. Na decoração interna o casal contratou o  decorador e estilista Estee Stanley, que já tinha decorado a antiga casa dos Dempsey. Foram usadas antiguidades e objetos vintage enriquecidos com pátina, assim como móveis sob medida dispostos de forma a dar o máximo de conforto.item0.rendition.slideshowWideVertical.patrick-dempsey-malibu-home-02-family-portraitA área de refeições ao ar livre, com a cobertura de vime. O casal com sus 3 filhos, Talula de 12 anos e os gêmeos Darby e Sullivan de 7 anos.item1.rendition.slideshowWideVertical.patrick-dempsey-malibu-home-01-entrance-hallNo hall de entrada, um banco cama vintage de Jacques Adnet.item2.rendition.slideshowWideVertical.patrick-dempsey-malibu-home-04-living-roomSala de estar com sofás feitos sob medida. A atração desta sala são os nichos com toras de madeira usadas na lareira, o efeito é fantástico.item3.rendition.slideshowWideHorizontal.patrick-dempsey-malibu-home-06-kitchenA cozinha ampla e aberta, tem armários em alvenaria. A mesa de madeira bruta e pés de ferro funciona como ilha.item4.rendition.slideshowWideHorizontal.patrick-dempsey-malibu-home-13-sculpture-studioAtelier de esculturas e joias de Jillian, aqui o ponto que chama a nossa atenção é a gigantesca luminária de chão que pode ser direcionada em várias posições.item5.rendition.slideshowWideHorizontal.patrick-dempsey-malibu-home-09-pool-areaMais uma vez a presença de alvenaria nos bancos que circundam a piscina. Um deck de madeira reciclada faz uma moldura em torno da piscina, e os gêmeos se divertem.item6.rendition.slideshowWideVertical.patrick-dempsey-malibu-home-11-gardens-airstream-trailerFlores, legumes e temperos florescem nos canteiros feitos de antigos andaimes recuperados. O chão é de cascalho e o trailer prata ao fundo apareceu em alguns capítulos de Grey’s Anatomy, eu vi a série completa e recomendo, para os mais emotivos, muitos lenços de papel.item7.rendition.slideshowWideHorizontal.patrick-dempsey-malibu-home-08-tin-house-guest-houseOliveiras abrigam a casa de metal ondulado, apelidada de Tin House pelos antigos proprietários.