Pequeno Mas Charmoso !!!!!!!


Localizado no coração da cidade de Gotemburgo, na Suécia, este apartamento secular parece bastante espaçoso com apenas 54 metros quadrados de área. A poucos quarteirões de distância desta casa um parque popular com uma vegetação maravilhosa, há também uma reserva natural nas proximidades e um jardim botânico, um dos maiores do mundo.

Este apartamento é bastante charmoso com tetos altos, parede de tijolos, medalhões no teto, radiadores de ferro fundido, um closet, um banheiro renovado com banheira e finalmente a cozinha com sala de jantar. A casa é decorado com bom gosto com paredes de tijolo, ângulos encantadores e paleta de cores suaves.

A escada que leva até o apartamento é muito acolhedora, com vitrais iluminando o caminho. A entrada para a casa foi recém-pintada.  O piso é decorado com azulejos grafite cinza, prático e elegante durante as estações chuvosas.

A sala de estar é o coração e a alma deste apartamento. A partir dela podemos ver tanto a cozinha como o quarto, conectando a casa de uma forma agradável. Uma grande janela oferece vistas sobre um pátio central, saturando o espaço com luz natural. A janela é o local perfeito para uma pequena mesa de escritório ou um recanto de leitura.

A cozinha tem uma encantadora parede de tijolo curvo e janelas com vistas para o pátio. Recentemente renovado, este espaço apresenta materiais atemporais com armários brancos perfilados, aparelhos de aço inoxidável e laminado de granito preto. A iluminação é fornecida por focos embutidos no teto, bem como downlights. O piso é em tom de grafite e as paredes são pintadas em uma coe perto do branco. Um pequeno espaço para refeições oferece espaço suficiente para quatro pessoas sentarem-se confortavelmente.

Este apartamento compacto e encantador parece ter bastante espaço graças a um layout inteligente. Uma paleta de cores claras e muita luz natural também foi importante na criação de uma sensação de espaço. Adorei as paredes de tijolos expostos curvos na cozinha e quarto, adicionando um sentido histórico para o espaço. No geral, uma atmosfera muito acolhedora e uma casa maravilhosa para quem gosta de viver em um oásis urbano.

Adjacente à sala de estar está o quarto. Uma janela tem vista para o pátio tranquilo, fazendo com que o quarto seja sempre luminoso e arejado. Um apartamento de pequenas dimensões mas que não dá nenhuma sensação de claustrofobia, muito pelo contrário, é aconchegante, harmonioso e muito charmoso.

Som de Gilbert O’Sullivan – Nothing Rhymed

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Um Apartamento Com Personalidade!!!!!!


Monica comprou esta casa em Barcelona há 14 anos. Seus filhos (quase adolescentes), nasceram aqui, uma boa razão para amá-la ainda mais. Mas há mais, a casa, em um edifício de 1900, com um piso de verdadeiros mosaicos, pintados à mão e tetos bem altos, com 4,5 metros de altura, foi certamente o maior motivo para a compra.

“Tive que ceder e decora-la de um modo que a própria casa pedia. Quando você tem uma casa como esta, deve honrar o seu espírito. Este é um piso modernista onde eu tentei resgatar o trabalho dos artesãos que hoje quase não são mais encontrados. Pisos trabalhados e tetos tão altos, que fazem com que eu respire bem melhor. Eu queria  realmente valorizar a sua personalidade”.

“Quando eu comprei a casa os pisos estavam completamente cobertos com carpete. A reforma foi focada em manter o piso anterior com o máximo de cuidado. Os mosaicos são autênticos e pintados á mão, não são azulejos hidráulicos”.

Foi assim que este piso se impôs de uma forma marcante sobre tudo o que a proprietária tinha planejado anteriormente. “Para mim, não é uma casa fácil de decorar, uma vez que este piso colorido limita muito em termos de padronagem de tecidos, papel de parede e cores, você fica com poucas opções. Mas como ele é a coisa mais bonita desta construção, resolvemos dar-lhe destaque”.

Para deixar que ele reinasse, Monica escolheu para as paredes um tom de café com leite bem clarinho,  e colocou estofados brancos para que o mosaico se destacasse, porém, remover a tinta foi muito difícil, havia camadas e camadas de tinta há mais de um século.

Toda original, conserva a madeira de portas e janelas originais de 1900. “A altura dos tetos é fantástica, mas tivemos que mandar confeccionar todas as cortinas da casa, o que nos levou bastante dinheiro”.

“Eu venho de uma família que sempre gostou de antiguidades e arte, e certamente quase todos os quadros que vemos são de pintores da minha família”.  Certamente daí vem o senso estético delicado, e a precisão para encontrar a harmonia.

Para o seu espaço privado dentro da casa, Monica criou seu próprio refúgio. “O meu quarto eram dois dormitórios anteriormente, e eu criei um espaço enorme, de um lado com a cama, e do outro o escritório.Eu queria um lugar onde pudesse relaxar e trabalhar ao mesmo tempo”.

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Estilo Parisiense !!!!!


Este apartamento parisiense combina a elegância francesa tradicional com o estilo contemporâneo.

Para o escritório de arquitetura responsável por este projeto, a localização geográfica dos seus clientes é primordial para  estilo do seu interior. O apartamento está localizado no centro histórico de Paris, em um edifício do século XIX. Foram mantidas as antigas lareiras de mármore, espelhos, radiadores e estuque. Elementos refinados e clássicos no acabamento, decoração com mobiliário moderno, iluminação impecável e o esquema de cores monocromático, dá-lhe a elegância e sobriedade típicas de um parisiense. As imagens falam mais do que palavras, aproveitem e tenham um ótimo fim de semana.

Som de Simon & Garfunkel – Kathie’s Song

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Marla Aaron !!!!!


Marla Aaron lançou sua famosa coleção em 2013, quando suas obsessões combinadas com ferramentas, hardware e jóias não podiam mais ser ignoradas.

O que começou com uma fechadura é agora uma coleção inteira projetada para ser exibida de maneiras infinitas e usada como “ferramenta de joia” com coleções individuais, definindo o “precioso” na joia com individualidade. Embora reconhecida pelo seu olhar aerodinâmico, industrial, a coleção é profundamente enraizada na joia pessoal e emocional das eras Vitoriana e Georgiana. Seu trabalho é coletado por um grupo crescente de aficionados por joias que ansiosamente aguardam seus mais recentes lançamentos “lock”.

O trabalho de Marla é vendido em varejistas selecionados nos Estados Unidos e na Ásia, com clientes em todo o mundo que compram seu trabalho aqui no marlaaaron.com . A coleção inteira esteve em exibição no ano passado  em Nova York no Museu de Finanças americano. Seus mais novos projetos são a série Cuffling ® de pulseiras, ear cuffs e o Di Me anel e bracelete, um anel e pulseira com uma mensagem secreta.

Marla trabalhou por quase 25 anos como  executiva de comunicação global, em cargos seniores para editores e agências de publicidade na Europa e nos Estados Unidos. Hoje ela reside em Nova York com seu marido, dois filhos, e uma quantidade absurda de animais de estimação e equipamentos esportivos.

As fechaduras foram o conceito original para toda a coleção. “Tão logo percebi que poderia replicar a funcionalidade de um mosquetão de loja de ferragens e a forma dele de inúmeras maneiras, a coleção se tornou uma realidade. As pessoas muitas vezes me perguntam qual é a minha peça preferida, honestamente não sei dizer. Sou parcial a cada uma delas. Elas são todas sólidas, fortes e feitas à mão e podem ser usadas de infinitas maneiras. Aqui você vai ver muitas versões das fechaduras.

ESTILO:  “O núcleo da coleção é uma ferramenta, o mosquetão. Sempre achei a robustez do mosquetão como uma peça decorativa, então eu comecei a lançá-los, e depois mudá-los em diferentes formas e tamanhos. Os fechos de mosquetão são projetados para serem misturados e combinados com outras jóias. Eu os uso em pulseiras e colares, e atualmente têm 13 estilos diferentes disponíveis em metais múltiplos. Em brincos, as bases têm componentes de parafusos que são intercambiáveis a diferentes materiais, movimentos e alturas. ”

“Trabalhei em comunicações globais por 20 anos, inclusive sendo a ex-diretora de relações públicas da Mondera.com e atuando como diretora de marketing da revista Departures .Também trabalhei para as revistas Elle e Cosmopolitan na Espanha, durante cinco anos. Mas através de todos os meus posts, minha constante foi o meu amor por jóias, graças em parte à influência de ambas as minhas avós, que tinham fabulosas coleções, que eu admirava enquanto crescia. Eu me apaixonei pelo trabalho dela assim que vi as primeiras fotos, e tive conhecimento dela através de um post no blog da Consuelo Blocker . Usaria as pulseiras com toda a certeza!!!!!!

Som de Simply Red – Fake

Claire Basler !!!!!


Nas minhas andanças noturnas, pesquisando por matérias para o blog, me deparei com a artista floral Claire Basler,  e o castelo francês do século 13 onde ela reside e trabalha. Honestamente, minha reação inicial foi, “isso não pode ser real e ao mesmo tempo é fantástico”. Os arranjos gigantes florais e de árvores, espalhados por todo Château de Beauvoir, servem como inspiração para suas pinturas em tamanho real e murais de parede a parede. Vida e trabalho são verdadeiramente uma só coisa no mundo de Claire. É louco, é requintado, é de tirar o fôlego.

Claire Basler nasceu em Vincennes, França em 1960 e estudou na Ecole des Beaux ArtsFoi no Louvre, onde encontrou sua maior inspiração, passando horas em torno das obras-primas das coleções do museu, ficando especialmente apaixonada pela obra de artistas franceses do século XVIII como Watteau, que permanecem como referência para seu próprio trabalho. A verdadeira inspiração da artista, no entanto, vem da natureza, é quase impossível de ver onde as suas pinturas acabam e onde as flores reais começam.

Todos os dias, Claire Basler cria arranjos florais enormes e os coloca em torno de sua casa. Por casa, quero dizer chateau . Chateau de Beauvoir para ser preciso. Ela usa esses arranjos de seu jardim como fontes de inspiração para suas pinturas em grande escala. Ao fazê-lo, ela literalmente tem inspiração por onde quer que ela olhe. Uma linha tênue e borrada entre o interior e o exterior. Claire pintou enormes murais dentro de muitos dos quartos do seu castelo, onde ela coloca em frente a esses murais ainda mais flores. Eu não estou brincando, é como se ela vivesse dentro de um jardim. A cozinha, literalmente tem uma árvore viva dentro dela, eu nunca vi nada parecido.

Eu consigo compreender perfeitamente a necessidade de um artista em ser inspirado pelos seus arredores imediatos a fim de produzir seu trabalho, essa zona criativa que todos nós tentamos tão dificilmente encontrar. Como eu me vejo trabalhando neste blog por muito tempo, percebo o quanto eu preciso do ambiente certo para fazer tudo isto. Eu sou mais eficiente quando a criatividade flui.

Não há muito mais a dizer o sobre a Sra. Basler, já que não há muitas matérias sobre ela. Acho que as imagens aqui falam por si mesmas. Foi isso que me encantou na descoberta de Claire e quis logo compartilhar o seu trabalho com vocês. Mesmo com todas as revistas que eu já li, sites que eu vasculhei, e viagens que eu já fiz, nunca tinha ouvido falar dela.

Com isso, eu deixo vocês com estas lindas imagens de suas pinturas e da sua casa.  Aproveite esta pequena viagem por este castelo, onde esta mulher criou um mundo mágico e etéreo.

Som de Genesis – The Carpet Crawlers

 

Na Cidade Do Cabo !!!!!!!


Começando pela fachada desta casa em Higgovale, uma pequena região de Cape Town, esta residência foi inspirada em uma propriedade equestre do arquiteto mexicano Luis Barragán.  Não podemos imaginar o que nos espera no seu interior, partindo da entrada moderna com uma calha de água de concreto. Uma verdadeira caixa de pandora, pois este é o território de dois cavalheiros e proprietários que decoraram o interior inspirados pelas antigas estâncias argentinas e pela glória desbotada do passado.

Homens de negócios que viajam com freqüência, Riaan e Kobus tiveram a sorte de encontrar um lote nesta área construída há quatro anos. Eles previram uma estrutura simples com múltiplas opções para entreter, bem como um pátio fechado para salvaguardar seus gatos Tonkinese Chocolat e Coco. Depois de dois anos de construção, eles se mudaram em junho de 2015.

No interior, uma dramática escadaria desce através de uma passagem cheia de luz para o pátio com a sua vista de Table Mountain, uma enorme montanha de cume plano que domina a paisagem de Cape Town, e o porto fica logo á esquerda. “Do ponto de vista do design, tentamos muitas vezes minimizar o espaço de circulação, mas aqui fizemos exatamente o oposto, fazendo do corredor uma sala”, explicam. Esta passagem forma o eixo da casa, com suas salas de recepção posicionadas em ambos os lados.

Ao longo desta casa, a altura das paredes confere uma sensação de força, solidez e elegância alongada. Colunas de concreto polido se alternam com portas de 2,9 metros de altura. A linha de luminárias em forma de bolas brancas flutuam sobre a passagem. Nesta concha contemporânea de cor neutra, os proprietários colocaram em camadas uma gloriosa abundância de objetos, obras de arte e curiosidades, mais notavelmente a “paixão” de Kobus, uma coleção de ícones e anjos de igrejas argentinas. Esqueçam o minimalismo absoluto neste lugar. Tendo construído e renovado 10 casas em conjunto, o casal tem afinado o seu estilo, uma homenagem a belos objetos com um passado fascinante, desde a histórica sul-africana, até máquinas de escrever antigas. Na sala de visitas por exemplo, os cocktails são servidos em um antigo móvel garimpado de uma farmácia demolida na cidade de Willowmore, no leste do Cabo.

A aparência geral é uma reminiscência de uma casa de campo equestre, com sofás de couro caramelo envelhecidos, e tapetes suavemente desgastados. Toques equestres pontuam a casa, uma sela e estribos pendurados em uma parede, uma fileira de chapéus da equitação no foyer.

No andar de cima é a biblioteca e o banho, cercado por um aglomerado de anjos de pedra. Mas a peça principal é a adega, criada a partir de um espaço vazio atrás da cozinha. Esta é uma casa projetada para receber. As portas empilhadas são puxadas para trás entre cada espaço para permitir um fluxo fácil entre o salão, jardim do pátio, sala de entretenimento, pátio e cozinha. Os pátios e a parte de baixo com o pequeno jardim, tornam a vida ao ar livre possível mesmo nos dias de mais vento.

A sala de jantar formal é raramente usada, eles admitem, pois é na cozinha onde “tudo acontece”, onde os convidados mexem molhos e bebidas são servidas e todos se reúnem ao redor da mesa para conversar e comer. “Na cozinha, queríamos muito espaço com armários ao redor. Na verdade, a cozinha consiste essencialmente de uma grande ilha central com uma copa separada e uma despensa. Coberta com Caesarstone, a ilha espaçosa abriga uma instalação com panelas de cobre, lembranças e outros itens, incluindo um anjo de mármore pesado que exigiu quatro pessoas para o levantar do lugar.

“Felizmente, passar 15 anos juntos nos deu a oportunidade de aperfeiçoar nosso próprio estilo. Para nós, nenhuma decisão é puramente funcional “, eles riem, daí a cabeça de rena  na cozinha.  Graças a uma série de espelhos justapostos, as luzes piscando do porto são refletidas do pátio através da casa, um toque involuntário de magia de decoração.

Som de Simon & Garfunkel – America

 

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Soho House Barcelona


 

O grupo Soho House tem uma lista de espera de mais de 30.000 nomes para serem aprovados,  mas há uma outra maneira de ver os benefícios desta adesão, sem esperar por uma dessas cartas pretas exclusivas, aqui neste post.

Soho House Barcelona é o mais recente local para membros deste clube, parte de uma expansão dramática que também incluiu lançamentos em Istambul e Chicago. Como muitas das propriedades do grupo, ele vem com quartos que podem ser reservados pelo público. Situado num edifício antigo do século XIX no Bairro Gótico, este edifício de Barcelona tem toques inspirados na região, como tijolos vermelhos tradicionais nos tetos abobadados de altura dupla, mas mesmo assim é evidente que você está numa Casa Soho.

Sempre tem um jovem funcionário policiando a regra interna de “não tirar fotos dentro”, as linhas de toalhas de praia ao lado de sua piscina na cobertura é uma reminiscência do seu associado hotel em Shoreditch.

Os 57 quartos vêm em uma variedade de tamanhos, desde o honestamente chamado “minúsculo”, até os quartos mais generosos, muitos dos quais têm vista para a marina de Port Vell .Todos são decorados individualmente, com um estilo moderno que incorpora características rústicas, incluindo tecidos tradicionais espanhóis. Todo o mobiliário pode ser comprado e enviado para sua casa através da Soho Home.

Os banheiros são sempre uma especialidade do grupo Soho House, e em Barcelona eles são decorados com azulejos locais e acessórios de bronze em estilo vintage. Há uma enorme seleção de cosméticos da marca Cowshed, e a atenção aos detalhes é realçada por toques como óleo de massagem, alisadores de cabelo, adaptadores de ficha e uma garrafa de água quente. No quinto andar está a House Kitchen, o restaurante dos associados que está aberto para os hóspedes do hotel. O café da manhã inclui um buffet bem abastecido, enquanto o almoço e o jantar dispõem de uma variedade de tapas (lula, berbigão em vinho branco e salsa, presunto ibérico). Os pratos principais incluem o menu Soho House, como cheeseburgers, bem como pratos locais, como risoto de boi e uma caçarola catalã.

Este é o único dos 11 hotéis do Soho House em todo o mundo a ter sua própria piscina coberta, localizada no porão ao lado do enorme ginásio e spa Cowshed. A piscina interior é uma reminiscência das casas de banho art nouveau, com azulejos e mosaicos que revestem os pisos e paredes, e ao mesmo tempo acena para o uso original do edifício, uma casa de família de farmacêuticos ricos.

Os interiores são inspirados por materiais e decoração tipicamente encontrados em edifícios de Barcelona.Os azulejos modelados hidráulicos alinham o assoalho e os tetos possuem acabamentos em um estilo abobadado catalão típico, os candelabros feitos sob medida iluminam as áreas da recepção, e uma mistura eclética de mobiliário empresta ao bar dos membros um sentimento de aconchego, exatamente o que você deseja encontrar em um Soho House .

Os menus são inspirados pelo Mediterrâneo,  que pode ser vislumbrado das janelas, e mudam a cada três meses para oferecer o melhor dos produtos locais. O terraço com a sua piscina aquecida é o único lugar para absorver o clima catalão suave, bem como desfrutar de vistas sobre a igreja de La Merce, o santo padroeiro da cidade.

O hotel fica na extremidade do bairro gótico da cidade, com suas ruas estreitas e muito charmosas. Do outro lado da rua encontra-se a marina, e o centro turístico La Rambla,uma caminhada de apenas cinco minutos. As atrações mais populares de Barcelona, como o Museu Picasso, Parc De La Ciutadella e Arc De Triomf, estão também a uma curta distância a pé.

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com