A Casa de Mimi Thorisson !!!


Esta casa do século XIX, no coração de uma pequena e encantadora aldeia no Médoc, região vinícula de Bordeaux, no sudoeste da França, é o ponto principal da vida familiar e de trabalho de Mimi Thorisson, uma conhecida autora de livros de culinária. É também o lar de seu marido Oddur fotógrafo, seus sete filhos, e nove cães. Além disso, muitas vezes é destaque em seu blog, Manger ,( vale muito a pena entrar, tem fotos deslumbrantes e receitas deliciosas) e no programa de televisão La Table de Mimi, exibido em um canal francês. Cheia de personalidade, história e vida, a casa também influenciou os seus livros de receitas.

“Eu soube imediatamente que esta era uma casa em que eu podia me inspirar,” diz Mimi. “Quando a vimos pela primeira vez, me lembrou um romance de Marcel Proust. Alguns minutos depois que entramos, estávamos correndo de quarto em quarto e nos apaixonamos por ela. Eu realmente acredito em amor à primeira vista. E então, estranhamente, descobri que a casa tinha uma história de ligação com um lendário chef e um hotel restaurante. Isso me deu arrepios.”

A casa, em Saint-Yzans-de-Médoc, remonta à década de 1870, e outrora foi de propriedade da esposa de um padeiro que teve um caso amoroso com o prefeito local. Ele lhe deu a casa como um presente. Ela aproveitou a oportunidade para realizar seus sonhos e abriu um hotel restaurante aqui, que se tornou conhecido na região. Foi especialmente popular com os comerciantes de vinho, que ficavam no hotel enquanto visitavam as vinhas de Saint-Estèphe e Pauillac nas proximidades. O hotel  restaurante durou até o final dos anos 50, enquanto a própria casa passou para familiares, antes de ser finalmente comprado pelos Thorissons no verão de 2014.

“A família anterior morou sempre aqui, e a casa nunca estava vazia”, diz Mimi. Então, quando nos mudamos, estava em bom estado. Conseguimos manter o máximo possível as características durante a restauração, incluindo os armários, pisos e lareiras, porque queríamos preservar o carácter deste lugar. Mas ainda temos coisas para fazer e quartos para terminar. Vai levar algum tempo, mas isso é divertido.”

A casa representa o último estágio em uma viagem única, que sempre girou em torno de comida, família e cães. Mimi nasceu e cresceu em Hong Kong, com um pai chinês e uma mãe francesa. Seus pais se conheceram em Paris, onde ele estudava medicina e ela era enfermeira. Seu pai sempre teve uma paixão por comida e fez com que a família comesse nos restaurantes mais interessantes, tanto em Hong Kong quanto em suas inúmeras viagens. Os verões foram passados em Moissac, na região de Tarn-et-Garonne de France, onde Mimi foi introduzida a um mundo diferente da culinária e passou o tempo com sua tia e avó, que eram cozinheiras de mão cheia e lhe passaram generosamente o seu conhecimento.

Após a escola em Hong Kong, Mimi estudou negócios e línguas em Londres e Paris. Seu primeiro trabalho foi na CNN, como produtora de televisão e apresentadora, em Hong Kong e Paris. Ela conheceu Oddur que tinha vindo da Islândia, na França em 2005, e eles viveram entre Paris e Reykjavik, colaborando e trabalhando em histórias de viagens para revistas, combinando as palavras de Mimi com as fotos de Oddur.

“Isso levou às reportagem alimentares, porque é isso que nós dois gostamos de fazer”, diz Mimi. “Nós compartilhamos uma paixão pela comida, por isso foi apenas uma questão de tempo antes de nos envolvermos em projetos de alimentos. Trabalhamos para muitas revistas e guias de comida. Passamos dois anos antes de nos mudarmos para o Médoc comendo em todos os melhores restaurantes e passando tempo com alguns chefs maravilhosos em suas cozinhas, escrevendo sobre eles e fotografando o seu trabalho.

Como a família Thorisson tinha começado a crescer, também foram pressionados a encontrar uma alternativa para o apartamento em Paris, onde as crianças e os cães poderiam ter mais espaço e liberdade. Começaram a procurar na Normandia e na Borgonha, e um dia, Oddur encontrou uma casa para alugar no Médoc. “No começo eu não estava interessado, porque eu achava que era muito longe, e era um desafio, tendo sido uma pessoa da cidade toda a minha vida”, diz Mimi. “Mas nossos filhos eram pequenos e na idade certa para fazer uma mudança, então nós sentimos que era agora ou nunca. Depois de dois dias, eu disse, vamos fazer a mudança.”

Eles alugaram a casa que Oddur tinha encontrado de início, para o caso de a aventura não ser um sucesso. Mudaram-se em 2011. Mimi admite que os primeiros seis meses foram um desafio. Ela estava grávida de sua filha Gaia, que nasceu  em Lesparre, e houve um longo inverno para passar. Mas gradualmente a família inteira estabeleceu-se dentro, com as crianças em escolas locais e a coleção de cães que cresce gradualmente. Três anos depois, eles tomaram a decisão de comprar o lugar.

“Demorou algum tempo para me adaptar a tudo, mas depois comecei a me divertir”, diz Mimi. “Todos os dias uma nova descoberta. Para começar, eu pensei nisso como uma ruptura de trabalho e Oddur continuaria com seus projetos e fotografia. Eu tinha esse tempo precioso, e comecei indo para os mercados, reunião de agricultores, a caça de cogumelos. Nossa mesa estava tão cheia de alimentos que eu tinha que escrever sobre isso.

“Oddur e eu conhecemos o mundo e sabemos como colocar histórias e receitas juntas, então funcionou bem para nós”.  “Sempre que tivemos uma viagem em família, criávamos uma história sobre isso, o programa de televisão, o livro, e o blog são feitos em casa. Eu realmente queria misturar o meu amor por alimentos com o meu amor pela casa e família, e as crianças adoram fazer parte. É agora um modo de vida para todos nós.

O trabalho e o diário familiar tornaram-se maiores com oficinas de culinária, além de um restaurante temporário para os meses de verão, também nesta casa.  Há também o próprio vinho de Mimi, Humfri, batizado em homenagem a um dos cães e criado em colaboração com a Viniv, uma empresa que permite que indivíduos e empresas criem os seus próprios vinhos de Bordeaux.  Eles são grandes amigos que possuem vinhedos e o restaurante no Château Lynch-Bages, bem como o hotel vizinho, Château Cordeillan-Bages, que tem duas estrelas no guia Michelin.

A família fez de Médoc seu próprio lar, reunindo em torno deles amigos e aficionados por comida. “Nós sempre tivemos esse sonho de uma família grande”, diz Mimi. “Como filha única, você sonha em ter uma vida familiar idílica, e Oddur e eu compartilhamos esses mesmos pensamentos. Estamos muito felizes por ter uma enorme mesa com todos os nossos filhos em torno dela e estas grandes refeições em família.

Som de Ellie Goulding – Your song

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s