Um Sotaque Britânico !!!


Lorenzo Castillo

 

Lorenzo Castilho, um designer espanhol de renome, trouxe o esplendor da velha Europa para um apartamento na Quinta Avenida, em Nova York, combinando-o com com a modernidade do Art Déco americano.

Foi-me pedido um apartamento  familiar, arejado e com bastante luz, com características e toque clássico europeu, mas ao mesmo tempo respeitando a modernidade da icônica Olympic Tower em que ele está localizado. “O edifício foi construído na década de 70 pela empresa de arquitetura Skidmore, Owings & Merrill de Chicago para o magnata grego Aristóteles Onassis “, diz o designer de interiores e antiquarista  Lorenzo Castillo.

Seu relacionamento com os proprietários, começou em Madrid, onde eles foram aconselhados a procurar peças de arte e antiguidades. Mais tarde foi responsável pela decoração da casa em Santo Domingo, República Dominicana, e simultaneamente por este apartamento na Quinta Avenida em Nova York, com mais de 200 metros quadrados e grandes janelas com uma vista invejável da Catedral de St. Patrick. É a segunda obra de Castillo na cidade (também assina o Hotel Room Mate Grace), a revista Architectural Digest inclui o seu nome em sua lista anual dos 100 melhores designers de interiores e arquitetos. O projeto levou tempo, eles passaram mais de um ano em leilões  e lojas de antiguidades do velho continente para caçar peças únicas.

“Queríamos que a família se encaixasse perfeitamente e que cada um tivesse o seu próprio espaço, sem sobrecarregar os ambientes”, continua ele. O espanhol optou por uma boa seleção de poltronas em estilo Inglês estofadas em tecidos leves como linho branco, chaises longues na sala, e veludo nas cadeiras e banquetas da sala de jantar.  “Nós não queríamos grandes estampas, mas um ambiente muito descontraído com tecidos lisos ou com pequenas geometrias onde a nota de cor se desse através de jóias clássicas do início do século XIX ou final do século XVIII. O espelho grandioso, a coleção de obeliscos ou as belas colunas da sala de estar. Todos têm em comum um design de linhas simples e materiais luxuosos.

Esta regra é quebrada apenas no quarto, onde Castillo colocou aos pés da cama um antigo sofá da Maison Jansen com pés torneados. Nas paredes, no entanto, a sobriedade é mantida com alguns espelhos em ébano e uma série de gravuras de Antonio Canova da era napoleônica. Na parte pública foi usada muita carpintaria laqueada de branco com painéis que escondem muitos armários, aumentando a sensação de profundidade. Obras de arte contemporânea  selecionadas a dedo, modernizam o ambiente. Esta suntuosidade continua nos banheiros, onde o mármore Calacatta, ou o alabastro egípcio translúcido com arremates em bronze prestam homenagem ao estilo Art Déco que inspirou os grandes arranha-céus de Nova York. O resultado respira a elegância, uma marca de Castillo, classicismo espanhol, em território americano, e com sotaque britânico.

Os painéis do hall escondem armários. Busto em Carrara, de Antonio Canova em um pedestal de Castillo, e escultura de bronze “Grand Tour” da Christie’s de Paris

 

Uma mesa em laca preta de  Josef Hoffmann na sala de jantar, aberta para a área de estar.Espelho Regency inglês, pratas Tiffany & Co. e lustre desenhado por Castillo.

 

Puffs em tecido geométrico e assento em veludo, na sala de jantar

 

Cozinha em madeira laqueada de branco, com área de trabalho em granito preto polido. Em segundo plano, cadeiras Bertoia Diamante, mesa feita sob medida e sofá estofado com algodão listrado.

 

Na sala de estar, da esquerda para a direita, chaises longues com tecido de linho cru, duas palmeiras em gesso de Serge Roche, duas poltronas dos anos 50 de Maison Jansen, mesas de centro projetados por Castillo, sofá George Smith forrado em veludo Schumacher, relevos de imperadores romanos do século XVII da Christie’s Londres.  Poltrona e puff com tecido geométrico, cortinas de linho e tapete também com motivo geométrico.

 

Na sala de estar, ao lado de uma chaise longue com uma manta de cashmere, mesa de ébano macassar  Art Déco . Na parede, quadro de  Jaume Plensa, Galerie Lelong de Paris.

 

No quarto, cama de dossel, luminária de tartaruga, bronze e ébano desenhada por Castillo e sofá forrado em seda. Na parede, uma coleção de gravuras de Antonio Canova do século XIX,  espelho e gravura romana do século XVIII, de Giovanni Battista Piranesi.

 

Ainda no quarto, poltrona de orelhas dos anos 70 com tecido Ralph Lauren casa, assim como o banco de zebra e latão. Cômoda espanhola de nogueira e espelho do século XVII.

 

O banheiro é em estilo  Art Déco, cobertura das paredes em alabastro egípcio e arremates em latão. Móveis de madeira, pia e torneiras Devon & Devon, e espelho em couro Jacques Adnet.

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

O Lenço Masculino!!!!!!


O lenço certamente tem algumas conotações religiosas, mas era também usado para o calor, limpeza e um item da moda, claro. Enquanto muitos créditos venham dos soldados de terracota na China, o lenço vem aparecendo desde a Roma antiga onde foi originalmente chamado de “Sudarium”, que traduzido literalmente significa “pano de suor”. Foi usado em Roma para limpeza do rosto, e muitas vezes usado amarrado à cintura do homem, ou casualmente amarrado no pescoço, nos dias mais quentes. O lenço foi quase sempre usado, em vários tipos de tecido para separar os membros ricos e abastados da sociedade do restante.

Até o final do século XIX, lenços tinham sido desde um acessório normal usado por homens e mulheres, a uma das formas mais essenciais de gravata usada por homens de todas as classes. Desde então, os lenços têm sido um acessório de moda mundialmente popular para os homens.

Popularizado por celebridades de Hollywood em vários filmes, o lenço foi visto enrolando o pescoço de atores e atrizes. Hoje em dia os homens usam lenços em várias condições climáticas, tanto como um acessório e proteção durante os meses frios do inverno, ou estritamente como um acessório de moda em climas mais quentes. Na verdade, não é incomum ver homens passeando em um dia quente de verão, com lenços em linho ou algodão. Para muitos homens, um único lenço já não basta, possuem vários, em várias cores, padrões e feitos de diversos tecidos e materiais.

O cachecol é uma peça que já foi aceita no armário dos homens, mas o lenço masculino ainda sofre muito preconceito. Muitos associam os lenços ao visual feminino e torcem o nariz quando se fala em colocar essa peça no armário dos homens. Porém, esse pensamento vem sendo quebrado aos poucos com a ideia de que as roupas não são feitas para homens e mulheres, mas para pessoas. Todas as roupas são pra todos! Então, se desprenda dos preconceitos e aprenda como usar o lenço. A primeira dica para os novatos é que você preste atenção nas cores. Os tons mais vibrantes e coloridos não são aconselhados porque serão bem difíceis de combinar. O mais aconselhável é que você escolha por cores sóbrias e neutras, como marrom, cinza, preto, azul marinho etc. Esses tons vão te ajudar a combinar o visual com mais facilidade. Aqui vão algumas razões para você usar um lenço bacana e descolado:

Aquece e protege contra o frio e vento

Dá acabamento ao visual

Chama a atenção para o seu rosto

É uma forma de inserir cor a uma roupa mais séria

É fácil de transportar e guardar

Pose ser usado em qualquer estação

Variedades de texturas e estilos de nó contribuem para o seu visual

Com casacos, cardigãs, camisas ou até uma simples T-Shirt, o cachecol dá sempre um up no look. O ideal é ter um bem pesado de tricô para os dias mais frios e combinações com casacos espessos, outro feito de lã ou algum tecido menos volumoso para usar com blazers e jaquetas e um bem leve para meia estação que pode acompanhar uma camisa jeans, uma jaqueta de sarja ou um suéter, assim que você se acostumar com ele não vai querer outra coisa.

Vejam no vídeo abaixo algumas formas de usar um lenço ou cachecol:

  • Precisa de ajuda? Quer organizar o seu guarda roupa? Duvidas para combinar peças que já tem? Entre em contato pelo blog, ou pelo E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Em Montana !!!


Tendo crescido na parte rural da Virginia e encantado por cenários de neve e muito aconchego, o decorador de interiores Ken Fulk  se auto intitulou mestre de cerimônias para celebrações do feriado de sua família. “Aos seis anos de idade, eu orquestrava o Natal como uma produção Cecil B. DeMille”, diz ele. “Eu tinha um calendário com todas as datas para o mês de Dezembro, desde encontrar a árvore perfeita para toda a vizinhança cantar em volta dela, rever novamente o filme It’s A Wonderful Life (A Felicidade Não Se Compra), até a abertura do menor presente na véspera do Natal”.

Atualmente, um designer de interiores bem conhecido sediado em San Francisco, Fulk  passa sempre o Natal e Ano Novo em Montana com clientes que se tornaram amigos íntimos. Para este casal, que tem três filhos adultos, ele já reformou mais de uma dúzia de casas ao longo dos últimos 15 anos, incluindo duas lojas de ski, aproximadamente do tamanho do Yellowstone Club, e uma residência situada nas Montanhas Rochosas.

Considerando que o marido é dono de uma empresa de produção de cinema e que Fulk é conhecido por seu estilo cinematográfico, não é nenhuma surpresa que a casa de Montana tenha ambientes sofisticados, lembrando um set de filmagem. O topo de uma montanha, é onde a família permanece durante suas frequentes temporadas de ski. Esta casa em madeira clara, bruta e recuperada, é arejada e serena. Neste lugar mágico a família acomoda seus muitos convidados, e é também a casa de festas, onde Fulk, mais uma vez tem a chance de ser o líder.

“Nós ficamos em Montana por duas semanas, e eu tenho programações o tempo todo”, diz Fulk. Quando os convidados chegam, ele lhes entrega um programa “como quando você vai para um acampamento”, explica ele.

O aconchego é a ordem do dia. “Eu quero que as pessoas entrem e imediatamente afundem nas poltronas,sejam abraçadas pelo fogo da lareira e saltem para a cama mais confortável”, diz ele. Os quartos são como uma verdadeira tapeçaria de texturas, com assentos de couro, cadeiras de pele de carneiro e chifre, e mantas de pelo nas camas e pisos. Um quarto está equipado com beliches para as crianças, embora os adultos frequentemente os usem. Para os dias de leitura secreta e clandestina, cada beliche é equipado com uma luminária, bem como um estoque de doces.

Há um punhado de peças de meados do século, e inteligentemente escolhidas. O sofá semicircular, de Milo Baughman no salão térreo, cadeiras Le Corbusier na sala de estar, e o que Fulk chama de “uma explosão Christian Liaigre” na sala de jantar.

É típico para os clientes de Fulk pedir-lhe para presidir importante eventos, desde jantares, bar mitzvahs, ou ajudar a mudança de um filho para a faculdade”. Nem todos são tão afortunados como estes proprietários, que o têm como amigo mais querido e próximo, beneficiando de sua atenção.  “Não há mais ninguém em quem possamos confiar para projetar não só a nossa casa, mas também muitas partes de nossas vidas”, diz a esposa e proprietária. “Estamos totalmente dependentes dele, o que é ótimo”.

Som de R.E.M. Losing My Religion

 

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Apartamento Sofisticado !!!!!


Não é necessário muito esforço para criar uma casa dos seus sonhos tendo bastante dinheiro. Mas para criar uma obra de arte arquitetônica apenas usando soluções simples e evitando elementos fantasiosos não é tarefa tão simples. Para a criação deste apartamento havia um desafio. Criar algo novo, algo extremamente diferente das coisas típicas do design sueco.

O apartamento tem cores ousadas. As paredes da sala de jantar são pintadas em cinza, mas não a tornam fria. Na cozinha, os azulejos brancos criam a sensação de privacidade, separando-a do resto do espaço. Esta cor no estilo escandinavo é usada para quase tudo, mas poucas pessoas se permitem combinar elementos brancos com paredes cinzentas. É uma decisão bastante ousada, mas fica lindo e ao mesmo tempo incomum. Além disso, graças ao contraste dos elementos, parece elegante e moderno. Materiais em preto e branco criam o equilíbrio que chama imediatamente a nossa atenção.

Soluções originais, corajosas e ousadas fazem desta casa um lugar elegante e moderno, mas ao mesmo tempo, cheio de aconchego.

É esquisito descrever o design interior de uma casa como misterioso, mas este apartamento tem um ambiente verdadeiramente enigmático e mistico ao mesmo tempo. A parede e o teto da sala de estar têm um tipo de acabamento metálico em tons de estanho-prateado. É cativante, com influências culturais profundas. Na verdade, o apelo enigmático da cor desta parede da sala é o que a torna tão única. O lindo trabalho no teto, melhora e acentua o acabamento metálico da parede e do teto lindamente. O lustre de vidro é o ponto cintilante desta sala e adiciona a quantidade certa de brilho para a decoração. As cadeiras de couro forradas na cor bege complementam o tapete felpudo de cor neutra e sofá, todos em tons terrosos.

A colocação das fotos é intensa. Cada imagem foi colocada de uma forma que só o decorador sabe por que esta coleção foi selecionada.  A decoração interior deste apartamento tem uma origem que só pode ser revelada por aqueles que vivem nele. Esta casa é muito pessoal, mas convidativa.

O piso de espinha de peixe já tão comentado aqui no blog, dá a esta sala de estar um toque tradicional. A história do padrão espinha de peixe vem de séculos atrás. No entanto, ainda é muito usado por muitos designers de interiores. Além do mais, este tipo de piso em parquet natural, dura uma eternidade e é muito fácil de manter.

O layout de plano aberto alonga a sala de estar e cria um espaço dinâmico para refeições e entretenimento. A cozinha tem seu próprio nicho com uma parede de tijolos vidrados e armários brancos para eletrodomésticos. Uma mesa de jantar em tom de ônix preto tem um acabamento que lembra o mármore, e que é na verdade o padrão dos veios da madeira. As cadeiras de jantar tem um acabamento em preto brilhante criando uma aparência sofisticada, ousada e única. As luminárias pretas completam o ambiente.

Som de Marvin Gaye – Let’s Get It On

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Um Clássico Renovado !!!


Cansou do seu antigo colar de pérolas? Não cansou mas quer dar uma “modernizada” nele? Que tal adicionar um toque de metal dourado acrescentando simples alfinetes de segurança, a ideia é muito simples, e o efeito final é surpreendente. Este colar é muito simples de ser feito e é uma forma de dar um novo visual ao seu colar de pérolas, verdadeiro ou não, e de uma forma temporária ou permanente. Se o fecho do seu colar for de metal prateado ou ouro branco, deverá usar alfinetes prateados também, o efeito é tão bacana como o da foto acima.

Você vai precisar de: Um colar de pérolas curto, alfinetes de segurança de tamanho pequeno e tamanho médio, nas cores prata ou ouro.

 

Comece pelo centro do colar e anexe o alfinete de segurança maior entre cada pérola. Conecte os alfinetes de segurança maiores e em sentido vertical com um no sentido horizontal.

 

Continue adicionando alfinetes de segurança entre todas as pérolas. Você pode adicionar dois de cada vez, alternando entre dois alfinetes maiores, dois alfinetes menores e um de cada.

 

Volte a ligar o resto dos alfinetes verticais, agrupando de quatro a cinco de cada vez com um alfinete na horizontal.

 

Continuar trabalhando desta forma, e lembre-se de que quanto mais aleatoriamente colocar os alfinetes  melhor o resultado.

 

Resultado final !!!!!!

 

  • Precisa de ajuda? Quer organizar o seu guarda roupa? Duvidas para combinar peças que já tem? Entre em contato pelo blog, ou pelo E-mail nunoalmeida61@gmail.com

 

 

Rhodes Cook House Hotel


Com uma profunda compreensão do design, o hotel de 97 quartos combina uma atitude boêmia com ares urbanos. Sua arquitetura minimalista é misturada com design eclético, criando uma atmosfera de praia espontânea. Com uma paixão pela comida, moda, bem-estar e cultura, o Rhodes Cook House oferece um oásis grego onde o autêntico e o local se encontram com o experimental.

Michael Schickinger, diretor criativo da Lambs & Lions, uma agência de design multidisciplinar em Berlim, foi responsável pela criação do conceito Cook House. Com ele trabalhou também Vana Pernari, arquiteta grega e a designer de interiores Annabell Kutucu. Rhodes Cook House está localizado na pequena aldeia de Kolymbia na costa leste de Rhodes, a poucos passos da praia. O conjunto de prédios baixos e brancos cria um contraste contemporâneo com a inclinação que se eleva a 200 metros atrás dele. Os espaços abertos e luminosos são enquadrados por uma vegetação luxuriante, várias piscinas, amplos corredores, decks de madeira e pérgulas.

Assim como deve ser em um abrigo numa ilha, a vida no hotel acontece principalmente a céu aberto. As principais áreas públicas formam o centro social do hotel, como bar, restaurante e piscina principal. Peças de época, objetos artesanais e  curiosos, salpicam cada canto com um estilo rústico e cosmopolita ao mesmo tempo.

Inspirados pelo modo de vida nômade, os quartos são acolhedores, com superfícies naturais e tons de terra, confortáveis almofadas e acessórios escolhidos a dedo acrescentam charme ao ambiente. Um espaço pessoal,  para relaxar e diminuir o ritmo das grandes cidades. Os verdadeiros destaques são as varandas privadas que dão para a piscina.  Espreguiçadeiras ou redes para relaxamento fazem deste lugar um paraíso particular.

Seria impossível resumir Rhodes em apenas algumas frases, já que esta grande ilha que tem muitas coisas diferentes para serem descobertas.  Passear por algumas ruas, pelas lojas de souvenirs, ou dirigindo por uma estrada de uma pequena aldeia. É aí que você vai encontrar um lado de Rhodes onde ainda é possível mergulhar na vida interna dos moradores típicos. Colorida por séculos e com um povo simpático, você vai ver de tudo, desde uma taverna  onde as pessoas dançam na rua, os pescadores vendendo seus peixes, ou estradas sinuosas e paisagens maravilhosas.

Som de Simon and Garfunkel – America

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Um Antigo Celeiro!!!!


Muitas vezes, um antigo celeiro negligenciada é abandonado para apodrecer com o tempo, assim que não tiver mais utilidade. A deterioração algumas vezes pode ser enorme, acabando com todas as necessidades básicas que uma casa requer, como ausência de água corrente, vasos sanitários, energia elétrica, e assim por diante. São raros os que estão imediatamente habitáveis após anos de negligência. No entanto, uma mente criativa sempre vê o potencial em uma antiga relíquia quando encontra um lugar como este abandonado, e dá-lhe nova vida. Isso é exatamente o que aconteceu aqui!

Este antigo celeiro foi transformado pelo escritório holandês Joep van Os Architecten , em uma residência impressionante com todos os confortos que uma casa requer. Com vigas originais de madeira, tijolos expostos e pisos em cimento e madeira,(no formato chevron) que ajudam a manter a originalidade do edifício.

A cozinha e sala de jantar aberta são incríveis. Os armários riscados, de madeira preta combinam lindamente com as vigas de madeira naturais e tijolos expostos. Os armários trazem uma sensação de modernidade para a decoração geral. Há também tons de ouro que adicionam um toque de vivacidade e profundidade ao ambiente. As cadeiras de couro em tons de cappuccino-brown são outro componente natural que equilibra bem com a decoração. Ambas as lâmpadas penduradas e iluminação embutida adicionam apenas a quantidade certa de iluminação em conjunto com a iluminação natural. A designer de interiores de Belo Horizonte Janina Ester que tem um blog de decoração chamado YouCanFind nos diz que “Em alta no mundo décor, a madeira de demolição entra em cena para aquecer espaços contemporâneos e conferir história, afinal, para chegar ali, na sua casa, essa madeira percorreu um longo caminho” e ela tem toda a razão.

O layout desta residência tem um fluxo fácil, facilitando o movimento de uma sala para outra. O espaço combina perfeitamente em toda a casa e complementa o layout geral do impressionante design interior deste lar. Áreas de estar devem ser projetadas para o conforto e entretenimento. Esta sala de estar consegue combinar o mobiliário confortável com materiais naturais, criando uma atmosfera vibrante e relaxante. A lareira é um elemento adicional que traz uma sensação de aconchego ao espaço.

A estante em branco com um bom espaço de armazenamento adicional, desempenha um grande papel na decoração moderna desta residência. A tonalidade branca irradia o espaço. Este conceito também é utilizado na área do banheiro, no entanto, o projeto é levado para outro nível com um piso fabuloso em madeira clara, espinha de peixe. É fácil imaginar tomar um banho longo e relaxante, e olhando para fora da janela com o fogo queimando ao fundo. Há também certos acentos do shaby chic e um amplo closet bem desenhado. Todo o espaço é usado de forma inteligente.

Esta casa é um belo exemplo e modelo de como aproveitar um edifício abandonado e torná-lo em algo charmoso e aconchegante. veja em

Cubos de concreto protegem a parte inferior das vigas de madeira. A iluminação vinda do piso destaca as estruturas de vigas de madeira.

 

Um sofá de canto confortável com vista para a cozinha e o escritório. Ao fundo a sala de jantar

 

O grande volume branco é projetado de modo que seja visto por todos os lados, e se projeta para além da estrutura da viga.

 

A ilha da cozinha com armários embutidos entre as vigas de madeira. Um belo lugar para cozinhar rodeado dos amigos.

 

O teto da sala de estar, e as vigas de madeira com cerca de 8 metros de altura fornecem uma atmosfera única para esta chácara.

 

Integração do bloco branco com cozinha, entre a antiga estrutura de vigas de madeira. Ao fundo a sala de jantar.

 

As janelas altas e portas de madeira preta deixam entrar muita luz. A estrutura de aço por trás dessas portas também é preta. Em todos os lugares da sala de estar, os moradores têm uma visão das antigas e maravilhosas vigas.

 

A mistura do piso de concreto das antigas paredes de tijolos, e vigas de madeira antiga na cozinha.

 

A ilha de cozinha oferece uma vista maravilhosa de 8 km para as quintas circundantes.

 

Vista do escritório acima da cozinha. As ripas de madeira horizontais garantem que o sol de verão entre com uma espécie de filtro na casa.

 

A ilha de cozinha se encaixa entre a estrutura de treliça de madeira original. As vigas de madeira dão atmosfera extra para a cozinha.

 

A parte traseira do volume branco  contém a estante pintada em esmalte branco.

 

O piso elevado do banheiro está por trás da lareira a gás. As vigas são o foco principal, mais uma vez.

 

A banheira moderna de Corian  se destaca entre as duas vigas.  Um grande claraboia deixa entrar a luz natural.

 

A lareira a gás está alinhada com o piso elevado. Ao fundo o guarda roupa aberto, para ele e para ela.

 

Uma separação agradável e natural, com chão de cerâmica na área do banheiro, e parquet de carvalho sob a área de dormir.

 

O volume branco da ilha de cozinha, armários de parede, escadas e escritório são descentralizados. Atrás dos armários da cozinha, uma escada de aço para o quarto do casal.

 

A confortável sala de jantar com mesa grande e cadeiras forradas de couro. A viga de madeira acima da mesa atravessa a parede de tijolos aparentes.

 

As vigas de madeira originais no início da construção. Que desafio.

 

Detalhe da velha estrutura de treliça de madeira.

 

A situação existente no início da construção. Não havia uma visão dos arredores. Este foi o ponto chave para decidirem quebrar as paredes e colocar as portas de madeira bem altas.

 

A fachada existente da casa, vista da  rua.

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Warehouse em Sydney !!!!


Eu adoro apartamentos em estilo Warehouse, que significa armazém ou depósito, especialmente quando são mantidas as antigas e sempre charmosas características. Este impressionante apartamento em Sydney tem várias das coisas que eu gosto quando se trata de reformas em Warehouses. Grande tijolos expostos na cozinha e encantadoras vigas antigas e aparentes de madeira. Combine isso com muitas obras de arte e algum mobiliário em estilo industrial e você tem uma casa de sonhos. A ausência de paredes é outra coisa que me encanta, e como alguns já sabem o apartamento onde eu moro com a minha família é exatamente assim, só os quartos e banheiros que são as áreas mais intimas estão separados por paredes. Outra coisa que me chamou a atenção neste espaço foram as cores escolhidas para a decoração, muita madeira e tons aconchegantes, paredes cheias e uma infinidade de detalhes. Decoração clean não serve para mim, até gosto de ver em revistas e fotos mas não para morar, preciso ver recordações, fotografias, coisas herdadas de família que me façam lembrar de antigas histórias. Eu sempre acho que decoração remete a aconchego e tem que carregar a sua história familiar e de vida, tem que ter até alguns objetos que nós chamamos de “cafonas” mas que nos trazem recordações, e este apartamento demonstra exatamente isso.

Som de Justin Timberlake – Can’t Stop The Feeling

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Uma Designer de Talento !!!!


Em 1993, Silvia Doring formou-se em Desenho Industrial pela PUC-PR e começou sua carreira ainda na faculdade com a criação de bijuterias.

Em seguida mudou-se para São Paulo para se especializar em Ourivesaria e Design de Jóias na “Escola Manufatura e Alquimia”. Também especializou-se em Escultura em Cera no “Atelier Rodolfo Penteado”

Inaugurou seu primeiro atelier em 1995, com trabalhos exclusivos em prata, responsável pela criação e execução de suas peças.

Em 1996, estreou como joalheira, assinando sua primeira coleção de jóias em ouro. O fascinante trabalho, artesanal e exclusivo foi notado, apreciado e premiado. Já no ano seguinte fundou em Curitiba a escola Arte e Ofício de Ourivesaria e Design de Jóias.

A convite da Bergerson Joalheiros, tornou-se designer exclusiva desta renomada empresa, sendo responsável pela criação das coleções durante oito anos.

Em 2007, com ousadia e experiência, decidiu retornar à sua carreira solo. Abriu sua primeira loja de Acessórios de Luxo em Curitiba, assinando a coleção “Divas”, sublimada pela notável beleza e um enorme sucesso.

Seu trabalho é fundamentado em estudos bem elaborados e pesquisas que incluem diversos tipos de laboratórios. A leveza, a elegância e principalmente a qualidade acompanham todos os traços de todas as suas criações.

A inspiração de Silvia Doring nasce do cotidiano, do contemporâneo e das atualidades.

Conversando com ela, me falou que o processo de criação começa pela escolha do tema, e neste caso, o tema “Folhas” foi usado para a pocket collection de Outubro. “Pensei na Costela- de- adão, muito conhecida no Brasil, é uma febre, muitas estampas com estas folhas, que bom, meu radar está funcionando”.

“Depois de escolher o tema, passo para a parte de pesquisa através de imagens na internet e livros, depois de muitos esboços a lápis, até achar o caminho certo, passo os desenhos para o computador. O processo criativo é sempre em casa e a parte do desenho técnico no escritório, por ultimo escolho as pedras e a trilha sonora, que é a minha parte favorita, o grand finale.”

Abaixo a coleção “Folhas” que já está em todas as lojas !!!!!!!!!!

LOJAS:

Alameda Augusto Stellfeld 1513 – Bigorrilho – Curitiba (41) 33240808

Rua Bom Jesus 529 – Cabral – Curitiba (41) 30240808

 

 

Apartamento em Amsterdã !!!!


Este acolhedor apartamento de um quarto está provavelmente localizado na melhor região de Amsterdã, e de frente para um dos muitos canais desta linda cidade. O apartamento de 96 metros quadrados, ocupa dois andares deste prédio com uma fachada magnífica. No primeiro andar há uma espaçosa sala de estar com grandes janelas, que flui suavemente para a sala de jantar e área da cozinha, através de enormes portas de correr. Na parte superior, um quarto bem grande com uma área de vestir e um banheiro bastante espaçoso. O piso em madeira antiga da parte social é simplesmente maravilhoso, e a decoração com seus tons suaves e ao mesmo tempo quentes é muito aconchegante. A lareira na sala de jantar foi utilizada como um espaço de armazenamento para louçaria e ao lado dela um pequeno e charmoso home office. Tudo muito bem pensado para este pequeno espaço, e mais uma vez lembrando que morar bem não é sinônimo de morar em grandes apartamentos ou casas. Vamos entrar?

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com