The Hermitage !!!


Há algo incrivelmente sedutor sobre esta espetacular casa em Sydney, com o nome de The Hermitage . Com um certo ar de revival da Toscana, e algumas características da época Gótica Vitoriana, ela tem um brilho todo próprio. Localizada junto ao porto, é indiscutivelmente um dos melhores lugares para se morar neste país.

The Hermitage foi construída em 1831, e tem sido propriedade da família Hemmes desde 1974. Em 2011, Justin Hemmes, chefe do grupo hoteleiro Merivale voltou a morar nesta casa, patrimônio da família, e começou as renovações com a ajuda de Brian Hess, da firma de Sydney Hess Hoen , que supervisionou o trabalho estrutural e o design de interiores. A visão global do projeto era a de preservar a integridade do edifício, mas abri-lo para permitir  a entrada de luz através do espaço de 7000 metros quadrados. Hemmes foi importante para preservar o espírito comunitário e social da casa, refletindo seu estilo pessoal e predominantemente Mediterrâneo. O resultado é muito mais impactante do que tudo o que já se viu de Hemmes em seus vários empreendimentos, um espaço perfeitamente imperfeito construído em torno de relaxamento e prazer.
A renovação envolveu um período de demolição da extensão feita em 1960, bem como a integração de aberturas de novas paredes, portas e janelas. O layout desta casa de dois andares foi completamente virado de cabeça para baixo, uma reconfiguração intuitiva para suprir as necessidades diárias do proprietário. Uma mudança importante foi a relocação da cozinha no primeiro andar, assim como o quarto principal, banheiro e quarto de vestir. Impressionantes recursos incluem design personalizado para o aço das janelas em arco, que fazem referência a elementos góticos da casa, e uma escada em espiral, também em aço pintado à mão, que foi instalada para facilitar o fluxo entre os andares.
Uma vez completo o planejamento do espaço, Hess Hoen e Hemmes começaram o trabalho de procura de materiais e mobiliário para preenchimento dos espaços interiores. As decisões foram tomadas pela pessoa que iria usar os espaços, no caso o proprietário, que escolheu materiais com uma história e textura em patina desgastada pelo tempo. Anteriormente ocultos, elementos como paredes antigas de arenito, foram integradas na concepção global desta obra. Outros materiais incluem paredes naturais não pintadas, de argila, gesso e tetos em marcenaria, revestimento típico marroquino denominado de Tadelakt, tábuas de demolição de carvalho e detalhes em  latão.

Para a decoração, Hemmes escolheu uma mistura de peças antigas e novas, nacionais e importadas, para manter um senso de individualidade e personalidade. Na área de jantar, um lustre bem moderno design de Lindsey Adelman  pende sobre uma mesa e cadeiras em estilo mais rústico. No espaço adjacente à área de jantar uma cadeira de balanço ‘JJ’ divide espaço com a poltrona de vime em estilo country.

Um extenso e elaborado paisagismo foi concluído para permitir uma conexão mais perfeita entre interior e exterior. No térreo, portas de aço e vidro pintadas à mão com cinco metros foram instaladas para abrir o piso térreo a vistas espetaculares sobre o porto. Hess projetou a área ao ar livre com uma pegada internacional em estilo Mediterrâneo, com um bar junto à piscina, oliveiras, deck de madeira e cadeiras bem relaxantes.

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s