Um Loft Masculino


O edifício onde fica este loft, tem uma longa história. Construído na década de 20, era um antigo moinho de farinha, e foi abandonado na década de 50. Nos anos 90, foi comprado por Dana Crawford, incorporadora de imóveis com valores históricos, que decidiu dar-lhe uma nova cara e transformá-lo em espaços residenciais. As obras acabaram uma década mais tarde, hoje o edifício faz parte da lista de lugares históricos nacionais.

O loft está localizado em Denver e foi adquirido por um solteirão que vive aqui com seus dois cães. Um nativo de Oklahoma, estudou em Chicago e morou em Nova York e Londres antes de se mudar para o Colorado, onde trabalha agora. ” O meu cliente ficou encantado em participar no processo, encontrar as últimas novidades em tecnologia e ver como integrá-las ao projeto. Também foram estudadas as melhores soluções criativas “, diz Jennie Bishop, uma das três sócias do escritório de decoração Stúdio Gild.

Acessível a partir de um elevador, o apartamento ocupa uma área de 280 metros quadrados e é organizado em um nível com tetos altos. A sala principal é composta por sala de estar, sala de jantar e cozinha, com uma visão de 270 graus através das muitas janelas. “No começo, o cliente pediu-nos que este loft não tivesse muitas intervenções arquitetônicas. Esta fase levou um ano e quando terminou, o proprietário quis renovar a cozinha e dois banheiros  “, diz Jennie Bishop. Nesta segunda fase, o Studio Gild teve ajuda de um outro escritório de arquitetura, o Robb Studio. O loft foi repensado, bem como o banheiro principal, que agora tem janelas de três metros de altura.

O piso original de carvalho foi preservado e renovado com uma tonalidade cinza suave, que criou uma atmosfera acolhedora, apesar do estilo masculino. As paredes de cimento queimado são referências de tempos passados, e ideais como pano de fundo para obras de arte gráfica, bem como peças contemporâneas de mobiliário vintage. Além disso, foi utilizado o bronze, particularmente na entrada, sala de jantar e cozinha, em contraste com couro e lã presentes na sala principal. “Nos entendemos perfeitamente em termos de estética e o cliente deu carta branca para escolher os móveis novos, e quando tivemos que projetar peças personalizadas”, diz Jennie Bishop. Os tapetes foram um dos pontos de partida da decoração e comprados em Denver, Nova York e Chicago.

Peças de arte também foram elementos chave. O proprietário foi o responsável por selecionar os trabalhos mais adequados da sua coleção. Untitled, de Matt Mullican, adorna uma parede do quarto e ajuda a criar um canto de leitura. “Projetar este loft foi um trabalho bem especial. Com as Montanhas Rochosas como entorno natural, referências ao estilo de vida do Velho Oeste e de vida ao ar livre Denver tem a sua própria energia “, diz Jennie Bishop.

Som de Elton John – Goodbye Yellow Brick Road

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s