Uma Casa Com Glamour


Quarenta vacas, não mais do que isso é o que estava dentro do velho celeiro quando decidiram compra-lo com a ideia de transformá-lo em uma bela casa de campo. A casa está localizada a poucos quilômetros de Comillas, Madrid em uma região campestre de sonhos. Todo o trabalho foi realizado pelo arquiteto Anton Davila, do escritório de arquitetura Ruiseñada, e da construtora Lope Nogalera, ” eles foram nossos cúmplices, e entenderam perfeitamente a nossa ideia inicial,”  explicam os proprietários. Ela, espanhola, e ele, escandinavo, viveram muitos anos nos Estados Unidos e Grã-Bretanha e sua influência anglo-saxônica é sentida, no estilo e filosofia da casa. O piso térreo é praticamente diáfano, o que aumenta a luminosidade e também promove a vida familiar. Materiais, acabamentos e tecidos são remanescentes do cottage Inglês, como carpintaria e vigas em azul acinzentado, ou o piso de tábuas de carvalho largas.  Qualquer canto é perfeito para abrigarem-se no inverno, mas o melhor lugar é ao lado da lareira, concebida por eles, ” Esta casa é ideal, mas também têm um fantástico sistema de energia geotérmica para aquecimento e água quente instalada pela empresa Girod Geothermal” .

Em termos de decoração, os proprietários foram também os responsáveis pelas diretrizes a serem tomadas, com a ajuda de Monica Jenssen na escolha de tecidos; Ela também montou algumas das peças estofadas. Fantástica a junção de móveis antigos e design moderno, e emocionantes pequenos detalhes, como as peles de ovelhas e luminárias de chifre, fazendo uma brincadeira com os estilos nórdicos e norte-americano. Os pontos fortes desta casa são os tetos e janelas altas, reforçados com uma marcenaria em cinza. As molduras, vigas e rodapés ganham destaque com as paredes brancas e telhados inclinados. A lareira foi revestida com pedras de alvenaria encontradas no antigo celeiro. O melhor da obra, os dois nichos que emolduram a lareira e a plataforma, que abriga um grande grupo de velas de Natal.

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Improvável em Milão


Massimiliano Locatelli estava à procura de uma nova casa para sua empresa de arquitetura quando se deparou com uma igreja absolutamente deslumbrante, do século XVI em  Milão. A “Empresa na Igreja”, um projeto criado pelos arquitetos do  CLS architetti  no fim de 2014, é uma estrutura localizada no interior da igreja de  San Paolo Converso  no Corso Venezia. A igreja, que remonta ao século XVI e decorada com pinturas e afrescos dos irmãos Campi, é dividida em uma igreja dianteira e uma traseira. A igreja da frente está aberta ao público e é composta por uma única câmara, com uma abóbada inteiramente decorada, e capelas laterais, no centro da qual se ergue o altar. A igreja traseira é reservado às monjas de clausura do convento adjacente.

A recepção está localizada na entrada da igreja frontal, a biblioteca na área do altar, e uma sala de reuniões na área que liga as duas igrejas. Os sócios da empresa decidiram fazer da igreja frente um lugar dedicado a disciplinas criativas, onde os hóspedes internacionais podem organizar as suas exposições, performances e instalações abertas ao público.
A estrutura de aço de quatro andares construída na parte traseira abriga os escritórios e as diversas áreas de planejamento. Tudo isto sem afetar a construção original. Uma escada de aço liga os andares que atravessam toda a extensão da estrutura de paralelepípedos. O último andar abriga escritórios dos sócios e sala de reunião, que se projeta sobre a parte da frente, dominando desse modo todo o espaço com uma vista única.
A estrutura de aço é aberta em todos os lados, permitindo assim que se admire os afrescos de diferentes níveis. A biblioteca, modelo de laboratório, e a cozinha estão localizados na cripta abobadada, que possui uma dupla fileira de quatro colunas. Todo o projeto é feito de aço tubular preto natural, com uma secção transversal repetida em diferentes escalas, tanto na construção da estrutura de suporte de carga e no mobiliário, tais como mesas de trabalho e as estantes concebidas para este espaço. A iluminação é o resultado de um estudo de engenharia de luz, luzes de néon sob medida são direcionadas diretamente para a estrutura.

Som de Enya – Caribbean Blue

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Uma Casa Rural !!!!!


Uma casa/ fazenda moderna, projetada por Hutker Architects, com a colaboração de Kathleen Walsh Interiors,  está localizada em uma fazenda de gado leiteiro , com 86 acres em Martha’s Vineyard, Massachusetts. Em vez de projetar uma casa de campo mais tradicional, com um alpendre envolvente, a equipe de design decidiu criar uma estrutura que fosse o mais parecido possível com a propriedade original, com a aparência de um antigo celeiro. Com um resistente e tratado tapume de tábuas de cedro na fachada exterior, há uma qualidade estética rústica nesta casa com um toque contemporâneo. As amplas janelas não só dão vista para o enorme terreno, mas também deixam passar muita luz natural. Os pisos e vigas de madeira no teto são uma mistura de madeira do celeiro recuperado talhada a mão, incluindo o carvalho vermelho e branco, álamo, e nogueira.

Um celeiro adaptado para a vida moderna, os interiores são em cores muito suaves, com um elemento de rusticidade e sensibilidade refinada. Não há nada que me desagrade nesta casa. A cozinha é o coração da casa, onde a família se reúne não só para as refeições, mas para as crianças fazerem as lições de casa e aproveitar o tempo para longas conversas enquanto se prepara o jantar.  No andar de cima, 2 quartos e uma suite principal, bem como uma sala de estar para as crianças. Projetado para parecer um complemento desta propriedade, há um anexo, que inclui 2 quartos de hóspedes.

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Um Loft Masculino


O edifício onde fica este loft, tem uma longa história. Construído na década de 20, era um antigo moinho de farinha, e foi abandonado na década de 50. Nos anos 90, foi comprado por Dana Crawford, incorporadora de imóveis com valores históricos, que decidiu dar-lhe uma nova cara e transformá-lo em espaços residenciais. As obras acabaram uma década mais tarde, hoje o edifício faz parte da lista de lugares históricos nacionais.

O loft está localizado em Denver e foi adquirido por um solteirão que vive aqui com seus dois cães. Um nativo de Oklahoma, estudou em Chicago e morou em Nova York e Londres antes de se mudar para o Colorado, onde trabalha agora. ” O meu cliente ficou encantado em participar no processo, encontrar as últimas novidades em tecnologia e ver como integrá-las ao projeto. Também foram estudadas as melhores soluções criativas “, diz Jennie Bishop, uma das três sócias do escritório de decoração Stúdio Gild.

Acessível a partir de um elevador, o apartamento ocupa uma área de 280 metros quadrados e é organizado em um nível com tetos altos. A sala principal é composta por sala de estar, sala de jantar e cozinha, com uma visão de 270 graus através das muitas janelas. “No começo, o cliente pediu-nos que este loft não tivesse muitas intervenções arquitetônicas. Esta fase levou um ano e quando terminou, o proprietário quis renovar a cozinha e dois banheiros  “, diz Jennie Bishop. Nesta segunda fase, o Studio Gild teve ajuda de um outro escritório de arquitetura, o Robb Studio. O loft foi repensado, bem como o banheiro principal, que agora tem janelas de três metros de altura.

O piso original de carvalho foi preservado e renovado com uma tonalidade cinza suave, que criou uma atmosfera acolhedora, apesar do estilo masculino. As paredes de cimento queimado são referências de tempos passados, e ideais como pano de fundo para obras de arte gráfica, bem como peças contemporâneas de mobiliário vintage. Além disso, foi utilizado o bronze, particularmente na entrada, sala de jantar e cozinha, em contraste com couro e lã presentes na sala principal. “Nos entendemos perfeitamente em termos de estética e o cliente deu carta branca para escolher os móveis novos, e quando tivemos que projetar peças personalizadas”, diz Jennie Bishop. Os tapetes foram um dos pontos de partida da decoração e comprados em Denver, Nova York e Chicago.

Peças de arte também foram elementos chave. O proprietário foi o responsável por selecionar os trabalhos mais adequados da sua coleção. Untitled, de Matt Mullican, adorna uma parede do quarto e ajuda a criar um canto de leitura. “Projetar este loft foi um trabalho bem especial. Com as Montanhas Rochosas como entorno natural, referências ao estilo de vida do Velho Oeste e de vida ao ar livre Denver tem a sua própria energia “, diz Jennie Bishop.

Som de Elton John – Goodbye Yellow Brick Road

 

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Um Chalet Suíço


Grande parte dos chalets estão localizados nos Alpes da Suíça. As casas são principalmente para férias, onde as famílias podem desfrutar a companhia de todos, em todos os feriados e férias do ano. Este chalet que vocês vão ver nas fotos abaixo é muito aconchegante, e combina com esta época de Natal. O teto baixo com beirais largos escondidos na neve, em uma área de densa floresta torna o destino de férias perfeito para toda a família, nesta região alpina onde esqui e snowboarding são praticamente obrigações diárias.

As cores das paredes internas são claras e acolhedoras. O mobiliário é rústico e parece ter um certo aspecto vintage. O que é mais fascinante é a escolha da decoração interior e os móveis escolhidos, eu acho que qualquer família gostaria de passar uma temporada aqui,(eu adoraria) e desfrutar desta linda paisagem de Inverno. A sala principal tem como destaque, a grande pele de urso pendurada na parede. Os lustres desta sala de estar são  todos brancos. O sofá, forrado em tecido branco, combina com a pele de urso polar e com o carpete no chão. Os livros sobre a mesa de café podem mantê-lo entretido em um dia em que o tempo não esteja bom para dar um passeio lá fora.

A área de jantar, segundo os proprietários, beira a perfeição. A superfície de mármore da área de trabalho, na ilha, juntamente com os lustres pendurados logo acima da mesa de jantar, enchem os nossos olhos. Vale a pena mencionar as flores no vaso sobre a mesa, bem como os talheres dispostas ordenadamente que aguçam o apetite antes das refeições. As grandes janelas francesas permitem uma iluminação natural de todos os lugares e a ventilação, que mantém a qualidade do ar interior, o mais fresco possível.

Os quartos são todos quentes e aconchegantes. Na verdade, as noites são os momentos favoritos para esta família. Um dos vários quartos abriga dois beliches, ideais para crianças. As suítes, assim como o restante da casa, são equipadas com aquecimento central, e possuem uma banheira ultra-moderna e sofisticada para longos banhos relaxantes. Vamos entrar?

Som Moon River – Audrey Hepburn

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

No México !!!!!


Em uma área tradicional da Cidade do México um edifício em que cada recanto nos chama a atenção, e é um grande exemplo da arquitetura mexicana contemporânea. Seu criador, o arquiteto Humberto Artigas, pertence a uma das famílias mais reconhecidas e tradicionais da arquitetura mexicana. Apaixonado pela sua profissão, Artigas procura conceber projetos residenciais que mostrem um caráter atemporal e sofisticado. Esta proposta nasceu a partir de um jardim exuberante e um jacarandá muito antigo no canto deste jardim. A premissa era a fusão da terra e arquitetura, respeitando a manutenção de espaços verdes e vistas espetaculares. Por esta razão, a estrutura principal foi feita em forma de L , fazendo dois volumes em torno do jacarandá, sendo uma área social e outra zona residencial.

A casa seduz a partir da entrada principal, emoldurada com um portão de madeira envelhecida de Algaroba, símbolo icônico do escritório de arquitetura de Artigas. Ao entrar, encontramos um espaço bem amplo e aconchegante, um jardim tranquilo, onde predominam texturas naturais como pedra e madeira. Este espaço é composto por um terraço coberto, onde se ergue uma estrutura de treliça de madeira e paredes de pedra, com piso de cascalho claro, e plantas exuberantes, o que cria um microclima perfeito para relaxar e gera uma sensação de estar dentro de um pequeno oásis no meio da Cidade do México. A cobertura tem dois quartos e grandes espaços sociais, que foram criados pensando em um casal adulto que gosta de passar o tempo com a família. Dentro deste retiro urbano, Artigas  desenvolveu o interior para se adequar ás necessidades de seus habitantes.

Com janelas de altura dupla e uma vista espetacular, dando a sensação de estar escondido na copa das árvores, cada canto da casa conta uma história sobre a vida deste casal. A protagonista desta casa, que é predominantemente rústica e aconchegante, é a madeira. Os pisos de mármore e tetos deste material com perfis metálicos, paleta de cores claras e materiais naturais na sala principal distinguem o caráter do escritório. No final do corredor podemos ver uma porta de correr em espelho, que nos leva ao quarto principal. Este espaço é fluido e combina perfeitamente com o resto da casa. O mobiliário foi criado com materiais naturais em cores claras e detalhes em peças decorativas que refletem um ambiente elegante. A sala de televisão e biblioteca foram concebidas como espaços para relaxar e desfrutar da família, aqui destaca-se um estilo africano que contrasta com o resto da decoração. 

A cozinha tem uma iluminação natural esplêndida, através de grandes janelas, e segue a mesma linha que o interior da casa, mas com acessórios e detalhes, como o jogo de cores na pintura do mural. Em cada obra de Artigas encontramos arquitetura mexicana de qualidade, e uma fusão de tradição e inovação com uma perspectiva e um toque singular.

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com

Um Natal na Fazenda


O Natal chegou a esta antiga residência reformada pela proprietária e artesã de papel, Esther Martin, em um refúgio  luminoso, sereno e muito familiar.

Esther Martin é uma artista de papel e papelão. Agora como uma perfeita anfitriã, abre as portas de seu projeto mais pessoal, sua casa de campo. Durante mais de um ano  Esther procurou uma casa de aldeia para transformá-la em um lugar confortável, onde suas filhas desfrutassem da natureza e onde ela pudesse receber convidados. Quando visitou pela primeira vez esta casa, o que viu coincidiu com o que  tinha sonhado. “Passamos três anos em obras, é bastante tempo, mas valeu a pena “, diz com um sorriso nos lábios.

A casa tinha sido abandonado há quarenta anos. “Foi uma fazenda agrícola”, disse Esther, que supervisionou os trabalhos e participou na decoração e compra de todos os móveis. “Durante a reforma, visitei a obra uma vez por semana e, em paralelo, fui adquirindo os móveis, lâmpadas, e detalhes. Eu me apaixonava por uma peça e comprava, mesmo não sabendo onde iria ficar. Mas, misteriosamente, tudo se encaixou por conta própria”.  Para esta reforma Esther tinha uma filosofia clara. “Eu queria quartos luminosos e acolhedores, mas também quis respeitar a antiga história desta casa. Se um prego na parede não incomodasse, ficava lá mesmo.

O andar térreo, anteriormente ocupado pelos estábulos e armazéns, hoje é uma convidativa e confortável área de boas vindas com entradas pela rua e pelo jardim. O primeiro andar tem a sala de estar, jantar e cozinha. A sala de estar, que recebe o grande pinheiro de Natal, está sob uma abóbada muito elegante, e resgatada na reforma. A sala de jantar, teve o chão pavimentado com mosaico hidráulico de linhas clássicas. A cozinha foi projetada em torno de uma mesa, que hoje serve como uma superfície de trabalho para as duas filhas de Esther, Valentina e Pia, concentradas na preparação da massa para bolinhos de Natal. No fundo, um grande armário bege combina com o tom de verde água de toda a carpintaria da casa. “Eu amei o armário com portas de vidro por uma razão prática. Eu gosto de receber hóspedes que me ajudem nas tarefas da cozinha, as portas de vidro facilitam a minha vida, não preciso dizer onde está isso ou aquilo”, diz Esther com humor.

Nesta casa, a decoração dos feriados de Natal tem um intenso sabor artesanal, não surpreendentemente muitos dos ornamentos são feitos pela proprietária. No segundo andar, o velho sótão agora abriga os quartos. Para as meninas, Ester também abriu uma varanda. Perto, fica a sala onde ela montou sua oficina, uma mesa redonda sobre cavaletes, que permite com que a sua imaginação voe para criar suas peças de artesanato. “Eu sempre gostei de trabalhar com as mãos, fazendo objetos decorativos pessoais. De repente, Esther surpreende-nos com estas palavras: “Hoje todos se levantaram com grãos de açúcar nos lábios, mas só perceberam quando se beijaram” e, em seguida, explica: “É um conto que eu amo. É o lema da minha empresa, bem como a origem da minha coleção de paixão. Eu coleciono colheres de açúcar, belas peças que desde o século XVIII eram usadas pela nobreza francesa para polvilhar o açúcar sobre os bolos e dar um toque de mestre”. Esse capricho culinário é como o toque final que Esther gosta de personalizar em cada detalhe de sua casa.

Som, Michael Bublé – Have yourself a merry little Christmas

Dúvidas, perguntas ou questionamentos sobre decoração? Precisa de um trabalho de consultoria para sua casa? Favor entrar em contato pelo blog, ou E-mail nunoalmeida61@gmail.com