Christian Liaigre


610x845_Quality97_650x901_Quality97_AD_DSC_1681__w

Christian Liaigre não se acha um designer de mobiliário, embora ele seja conhecido exatamente por essa faceta em seus 30 anos de profissão. Ele se vê apenas como um designer de interiores, alguém que cria cenas e ambientes. Só então ele começa a desenhar o mobiliário para preencher esses espaços.

Esta abordagem é bastante aparente na sua casa nova na Rue de Verneuil , em Paris. O duplex era originalmente  uma mansão do século 18, construída pelo Marquês d’Aubigné,  guilhotinado durante a Revolução Francesa. O apartamento esteve vazio durante a última década, após a morte de seu último proprietário. Liaigre foi mostrar este duplex para um cliente chinês, mas este tinha preferência por uma vista do rio Sena, de modo que Liaigre se interessou e apaixonou-se imediatamente por ele, adquirindo-o em seguida.

“O meu período favorito de design é o século 18”, diz Liaigre enquanto se senta em uma de suas próprias cadeiras de mandarim. Esta é uma afirmação surpreendente, dado que Liaigre fez sua reputação como um designer minimalista, lançando o movimento na década de 1990, com uma decoração elegante para o Hotel Mercer em Nova York e a do Hôtel Montalembert em Paris.

Chistian conseguiu combinar perfeitamente esses dois extremos,rococó do século 18 e seu estilo moderno, para criar um design unificado e uma atmosfera confortável em sua casa. Ele encheu-a com um mix de peças contemporâneas de suas coleções, tais como as cadeiras de mandarim e um sofá longo, Don Juan, com móveis criados por ele.  No entanto, quando trabalha em casa, ele fica na sala revestida de folha de ouro e estuda em uma mesa Louis XV, restaurada e pintada de preto. “Eu amo mesas Luís XV”, diz ele. “É um design que atravessa séculos.”

Escolhas de arte de Liaigre são tão minimalista e puras como o seus desenhos, ele particularmente adora fotografia em preto e branco, e sua coleção inclui obras de Paolo Roversi, Kurt Markus e Jacques-Henri Lartigue .Em todo o apartamento há chifres de veado e outros troféus de caça, alguns deles remanescentes de passeios de Liaigre em caçadas pelo interior da França, em sua juventude.

610x905_Quality97_650x965_Quality97_AD_DSC_1484__w

 

610x403_Quality97_650x430_Quality97_AD_DSC_1581__w

610x414_Quality97_650x442_Quality97_AD_DSC_1634__w

610x812_Quality97_650x866_Quality97_AD_DSC_1506__w

610x852_Quality97_650x908_Quality97_AD_DSC_1563__w

610x901_Quality97_650x961_Quality97_AD_DSC_1528__w

610x915_Quality97_650x976_Quality97_AD_DSC_1585__w

610x909_Quality97_650x969_Quality97_AD_DSC_1605__w

4. christian liaigre paris wsj habituallychic

9.-christian-liaigre-paris-wsj-habituallychic

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s