Duplex No East Village


item0.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-01-living-dining-area

O escritor Brad Goldfarb aprendeu algumas coisas quando foi morar com Alfredo Paredes, um designer de interiores famoso e que trabalha na Ralf Lauren. Este duplex no East Village é a constatação dessa sinergia criativa.

Quando você vive com um designer talentoso, como eu por mais de 25 anos, que faz sentido repassar para o especialista assuntos de construção do novo lar. No meu caso, o especialista é Alfredo Paredes, um dos protegidos de Ralf Lauren e a pessoa responsável pela orientação e criação de ambientes  tão característicos da empresa, desde o design da loja á apresentação do produto. Em cada um dos cinco apartamentos que Alfredo e eu compartilhamos, eu tendia a deixá-lo tomar as rédeas, enquanto, ao mesmo tempo expressava meus desejos domésticos (uma cozinha funcional, amplas estantes, e estofados.

Lembro-me de alguns anos atrás, quando um corretor nos apresentou o duplex East Village que hoje chamamos de casa. Você não tem que ser um designer de alto nível para saber que havia algo de especial sobre a cobertura de 2.500 metros quadrados, que tinha muita luz natural, tetos altos, e um grande terraço, características que faltavam na nossa casa em Tribeca. No entanto, eu tinha algumas preocupações. Tendo sido remendada ao longo do tempo, os quartos precisavam de grandes reformas. O edifício era originalmente um hospital na década de 1920 e mais tarde tornou-se uma escola de música antes que os três últimos andares fossem convertidos em residências. Alfredo, no entanto, tinha visto o nosso futuro. “Este lugar é incrível”, ele disse.Depois de um ano de olhando para anúncios em todo o centro de Manhattan, foi uma reação que jamais esperaria ouvir. Poucos meses depois, o apartamento era nosso.

item1.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-02-dining-area

item2.rendition.slideshowHorizontal.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-03-living-area

Ainda assim, ele reconheceu que a renovação não seria fácil. O objetivo seria transformar a estética dos anos 80 em algo mais quente e atemporal. Alfredo imaginou o espaço como o sótão de um artista. Mas também evocou o clima romântico e espírito da arquitetura Californiana dos anos 20-edifícios como o Chateau Marmont, em West Hollywood, com seu piso de pedra e arcos góticos. Conseguir uma delicada mistura de ambos significaria fazer uma série de grandes mudanças.

Para nos ajudar a chegar ao nosso ponto final idealizado, Alfredo e eu procuramos o arquiteto residente em em Nova York Michael Neumann e seu gerente de projeto, Jairo (Jay) Camelo, com quem já tínhamos trabalhado no nosso apartamento anterior. Michael lembra que para ele e Jay o que tornou o duplex tão interessante para trabalhar é a forma como ele se apresentava. “O andar de cima não ficava assentado diretamente sobre o andar de baixo”, observa ele, “e há janelas em todos os quatro lados, por isso parece uma casa.” Dito isto, foram necessários alguns trabalhos arquitetônicos de grande escala.

 

item3.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-04-living-area

item4.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-05-terrace

A retirada da única porta do terraço e das quatro  janelas no nível inferior e substituí-las por cinco aberturas em arco era o ponto óbvio para começar os trabalhos. Mais difícil foi encontrar uma maneira de criar uma entrada mais dramática para o apartamento, problema este resolvido, trocando a posição da escada e abrindo caminho para um pequeno hall de entrada e hall subsequente antes de entrar na área de estar / jantar. No andar de cima, nós convertemos o que tinham sido três quartos com banheiros adjacentes modestos em uma suíte master completa, com uma área de vestir, e um escritório onde eu poderia escrever (risquei mais uma coisa da minha lista de desejos).

Sei, por ter trabalhado ao lado de Alfredo em várias reformas que ele ama criar contrastes, partindo de algo antigo e introduzindo  elementos contemporâneos. Para fazê-lo era necessária em primeiro lugar alguma patina e isso foi feito de imediato. Uma grande quantidade de carvalho branco natural foi utilizada em painéis, estantes e armários, assim como gesso cru para as paredes, madeira recuperada para o teto, e azulejos de pedra calcária francesa para o piso, emprestando aos interiores uma sensação de idade renovada.

 

item5.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-06-kitchen

item6.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-07-study

Quando chegou a vez do mobiliário, fomos em busca de peças que tinham um ar de história, mas que, por força de sua escala, forma ou qualidade enxuta, parecessem modernas. Um tampo de pedra de console ocupa todo o comprimento de uma parede na sala de jantar, enquanto uma grande mesa redonda feita de madeira de demolição  ancora o espaço. Alfredo e eu frequentemente comemos em casa (eu sou um cozinheiro ávido e recentemente lancei um site de culinária), e adoramos jantar no terraço . Versatilidade é algo que nós dois queríamos para todo o apartamento, seja através da colocação da TV em um antigo cavalete  (que permite que a tela fique em várias posições), a colocação de um sofá-cama no escritório que o permita funcionar como um quarto de hóspedes, ou guardar as roupas de forma a que a nossa área de vestir também possa funcionar como um espaço de trabalho sereno para Alfredo.

 

item7.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-08-study

item8.rendition.slideshowHorizontal.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-09-master-bedroom

item9.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-10-dressing-room

Na verdade sereno poderia muito bem ser o estado de espírito dominante deste apartamento, que é absolutamente perfeito para reuniões de amigos, assim como um local ideal para se desligar do mundo. Nenhum lugar melhor do que  o nosso quarto para este fim, onde três das paredes são revestidas com cortinas de linho grosso que, quando fechadas, bloqueiam som e luz. Isto explica por que dois caras como nós, sempre prontos para vários programas e festas, agora não querermos mais sair de casa.

 

item10.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-11-master-bath

item11.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-12-master-bath

item12.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-13-terrace

item13.rendition.slideshowVertical.alfredo-paredes-brad-goldfarb-new-york-apartment-14-outdoor-dining-area

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s