Fast Post …….Ideias


decor_do_dia_19_04

Uma casa no melhor estilo inglês, mas situada em Oslo, na Noruega, reserva uma sala com décor contemporâneo e cheio de charme. O living conta com dois sofás de capitonê com veludo escuro e uma mesa de centro amarela, bem vibrante, para garantir cor ao lugar. A escolhida foi o modelo DLM, criado por Thomas Bentzen . O tapete cinza contrasta com a cadeira Eames e faz um ton sur ton interessante com o piso. Atenção ao pendente com três lâmpadas em chapéus, o efeito lúdico é imediato.

 

decor_do_dia_2013_11_29

Nesta casa em Melbourne, na Austrália, há um interessante diálogo entre a sala de jantar e o exterior. Os arquitetos do escritório Meacham Nockles McQualter optaram por substituir duas grandes paredes com vidro, fato que trouxe o jardim, em toda a sua exuberância, para dentro do ambiente. Em contraste à riqueza do verde das plantas, as cores escolhidas para os móveis e revestimentos do espaço interno são comportadas. Elas alternam basicamente entre o marrom e o preto. Excluindo-se a vista do jardim, a combinação poderia se tornar demasiadamente sóbria mas, como está, a escolha acaba por ressaltar a beleza estonteante do jardim.

 

decor_do_dia_2013_10_08

Num grande living, que abriga as salas de estar e jantar, um longo buffet baixo acolhe o home theater e destaca um canto que reúne diversos objetos de apreço dos moradores desta residência sergipana. Para revelar no décor o espírito descontraído do jovem casal que vive ali com seu filho pequeno. Optou-se por empregar uma equilibrada mistura de estilos. Móveis contemporâneos convivem com outros mais antigos e simples. O industrializado mistura-se com o artesanal. Além disso, a intenção de ousar é visível no que tange os acabamentos. O coral é vizinho do tijolo à vista. Embora despretensiosa, a decoração é cheia de personalidade.

Um Loft Bem Feminino


Como fundo musical Looking for Love trilha do filme YSL, que acabei de assistir.
loft1

O Loft é, hoje em dia, por excelência, urbano. Apesar de suas origens rurais, como armazéns ou depósitos, o loft tornou-se um espaço sofisticado e descolado, muito comum nas grandes cidades. Suas características são: mezanino (onde fica o quarto), pé direito elevado, plano aberto e planta livre, com sala e cozinha integradas. O conceito de loft living nasceu em Nova Iorque, na década de 70, onde velhos galpões de edifícios foram reformados para abrigar artistas, profissionais liberais, publicitários e executivos. E virou moda, no mundo todo, especialmente para quem mora sozinho ou vive a dois.
Aqui, um loft delicado e com uma pegada “industrial”, como os lofts originais.
Lindíssimo e super feminino.
loft2

Aqui, tem de tudo , parede de tijolos brancos aparentes, rosa- lilás- roxo como cores predominantes, almofadas, uma luminária que facilita a leitura e um lustre MARAVILHOSO.Janelões de vidro enormes fundem interior e exterior, e as cortinas transparentes deixam a luz entrar abundantemente. Mantas, tapetes e almofadas trazem aconchego.

 

loft3

O pé direito alto permite o mezanino. Abaixo, a cozinha, integrada à sala, com mesa de jantar. Detalhe da geladeira rosa, encantadora!!!!

 

loft4

O estilo industrial é recriado pela mistura de materiais como cimento, madeira, aço e tijolo, e não ofusca o tom rosa da geladeira dos anos 50, tão feminina e atual. A estrutura do mezanino, onde fica o quarto, é toda em aço.

 

loft5

A bancada dos móveis e eletrodomésticos, tudo em aço inoxidável, junto com a mesa forma um L, que delimita os espaços, com charme.

 

loft6

Mesmo num loft, é possível ter privacidade. A cozinha é aberta, porém, tem seu espaço separado. Mesa para 4 pessoas, sem apertos.

 

loft7

O quarto,tem decoração vintage. O bacana aqui é a mistura entre os materiais rústicos e os delicados, conferindo à decoração personalidade. O busto, os ganchos com colares e a moldura vazia consolidam o feminino na decoração, além do rosa, é claro.

 

loft8

A cabeceira é um muro que traz privacidade e abriga os interruptores e as tomadas necessárias. Detalhe para as flores, a luminária e a caneca.

 

loft9

Ganchos nos armários e cesto grande para organizar TUDO! O crocs é desnecessário

 

loft10

Cimento, louça, espelho… O conjunto arandela-flores- molduras com bijuterias, tudo muito charmoso no banheiro…

 

loft13

E olha o que tem atrás daquelas maxi cortinas? Um terraço com jardim, piscina, e deck de madeira tratada.Lanternas, velas, almofadas, futons, um convite ao relaxamento.

Um Apartamento Em Recife


apartamento_arqmulti_pernambuco_01

Com 350 m² de área, esse apartamento tem uma localização privilegiada na capital pernambucana, à beira mar. O imóvel, que ocupa um prédio construído nos anos 1980 na avenida Boa Viagem, foi recentemente reformado para atender às necessidades de seus proprietários, um jovem casal que coleciona obras de arte e objetos adquiridos em viagens.

apartamento_arqmulti_pernambuco_02

A intervenção ficou sob responsabilidade das arquitetas Soraya Carneiro Leão, Bruna Lobo e Danielle Paes Barreto . Elas contam que seus clientes queriam um apartamento amplo, com visual contemporâneo, bem detalhado e sofisticado.

apartamento_arqmulti_pernambuco_03

Para atender a esses anseios, a primeira ação foi realizar uma extensa obra, que permitiu remodelar todos os banheiros e integrar duas varandas ao living e à suíte master respectivamente. Todos os revestimentos de piso, forro e paredes foram substituídos, assim como a infraestrutura elétrica e hidráulica que foi renovada.

apartamento_arqmulti_pernambuco_04

Na área social, sobre o piso de mármore branco carrara, as arquitetas criaram uma composição em tons de cinza claro, fendi e preto. A madeira de demolição foi inserida com o objetivo de quebrar um pouco a sobriedade imposta pela paleta de cores.

apartamento_arqmulti_pernambuco_13

 

apartamento_arqmulti_pernambuco_06

A mistura conferiu personalidade aos ambientes e procurou estabelecer uma harmonia com as obras distribuídas pelo apartamento, entre as quais se destacam trabalhos de artistas brasileiros, como Francisco Brennand, José Cláudio, Gil Vicente e Eudes Mota.

apartamento_arqmulti_pernambuco_08

 

apartamento_arqmulti_pernambuco_10
Para o mobiliário, priorizou-se o uso de peças amplas e confortáveis, adequadas para um casal que aprecia receber os amigos. Os tecidos foram escolhidos com a intenção de agregar texturas e nuances em tons e sobretons. 

apartamento_arqmulti_pernambuco_07

apartamento_arqmulti_pernambuco_15

No home a intenção foi criar um ambiente funcional e aconchegante. As arquitetas desenharam um amplo rack baixo de madeira no qual foi possível reunir todos os equipamentos de som e vídeo. Esse ambiente deveria abrigar também uma área de trabalho. Isso foi resolvido com uma bancada de vidro incorporada como uma extensão do rack. Ainda no home, a preocupação com o conforto acústico se materializou na inserção de placas atenuadoras de ruídos no forro e de painéis com espuma revestidos com camurça na parede atrás do sofá.

apartamento_arqmulti_pernambuco_16
Para a cozinha, o pedido dos proprietários foi por um local que tivesse beleza, funcionalidade e arrojo. Para atendê-los, as arquitetas recorreram à combinação de diferentes materiais, como vidro, aço, granito e mármore. Também apostaram no uso de um adesivo cobrindo uma das paredes. O elemento adicionou cor ao ambiente e ajudou a ressaltar as cadeiras em acrílico laranja.

apartamento_arqmulti_pernambuco_17

A intervenção no apartamento em Boa Viagem contemplou ainda o quarto dos filhos, utilizado por um menino e uma menina nos finais de semana. Para compatibilizar as necessidades de cada uma das crianças, a saída foi utilizar um beliche. Personalizado, o móvel conta com uma casinha de bonecas incorporada na parte de baixo, e com adesivos de motos, delimitando a área da cama do menino.

apartamento_arqmulti_pernambuco_19 

Para o banheiro do casal, o branco total impera, com pequenos toques de aço, a pedido do cliente.

Fast Post Ambientes Contemporâneos


decor_do_dia_2013_11_04

Eis a essência nova-iorquina. Tijolos à vista, janelões de ar industrial, colunas aparentes, cozinha integrada e um ambiente social quase indivisível. Localizado em meio ao Soho, o bairro mais efervescente e de aura artística da cidade, este loft resume a cidade e seus moradores. A decoração paira entre a sofisticação e a atmosfera mais jovem. Entre o clássico – devido à presença maciça de madeira – e o novo, representado pelo balanço preso à viga, próximo do piano. Outras peças irreverentes são as poltronas de couro, que têm nas laterais o suporte para pés típicos da equitação. Em um só lar, todos os estilos: industrial, clássico, jovem, rústico e urbano.

decor_do_dia_2013_10_28

Esta morada é resultado da unificação de dois apartamentos do edifício Olympia Center, em Chicago, Illinois. Sendo assim, espaço é o que não falta. Por isso, foi possível criar uma decoração que ressalta a amplidão, com peças grandes bem espaçadas. As cores dos móveis de desenho limpo são discretas – por ali, reinam os tons terrosos. A justificativa, segundo os profissionais do escritório James Thomas, é o Lago Michigan. Com janelas enormes, que vencem o pé-direito duplo da sala de estar, a vista de tais águas inunda o interior deste lar. Os olhos de quem se instala neste cômodo têm sempre um destino inescapável, o lado de fora, o lago. Por isso, a decoração é suave. Não há porque tentar competir.

decor_do_dia_2013_08_06

Os moradores do apartamento no Itaim Bibi, em São Paulo, desejavam ambientes com atmosfera contemporânea, mas sem modismos. Para tanto, a arquiteta , apostou na integração da área social, oferecendo assim ampla visão de todos os espaços. Na foto, vê-se o living, a sala de jantar e o terraço. Do lado esquerdo, de maneira a criar o clima atual desejado pelos clientes, a profissional apostou no contraste do orgânico da madeira com o visual clean dos móveis, brancos em sua maioria. No terraço, onde as peças são de tons mais terrosos, o piso é claro, de mármore travertino. A combinação interior-exterior parece seguir certa lógica yin e yang, o que torna o espaço ainda mais esteticamente agradável.

Uma Casa Em Lisboa


mirando-al-jardin_ampliacion

Esta vivenda recentemente construída pelo arquiteto português Pinto Bastos, é cercada pela inconfundível luz de Portugal. A pureza de volumes e as grandes janelas que cercam a parte traseira desta casa, proporcionando a entrada de luz natural é deslumbrante. Os proprietários buscaram uma casa cômoda e fácil de viver, com uma atenção especial para as áreas comuns, já que possuem uma vida social muito ativa, recebendo constantemente amigos e familiares. Queriam um lugar para desfrutar a arte da conversação com amigos, um objetivo que foi alcançado e que se misturou á elegância característica deste arquiteto. Na área social convivem sala de estar e de jantar, com uma vista deslumbrante para os jardins. A decoração tem tons neutros e suaves, com alguns pontos de cor. O mobiliário, na sua maior parte foi desenhado pela equipe de arquitetos, aumentando a sofisticação deste lugar. A este conjunto harmônico e ultra elegante somam-se as coleções de arte que salpicam as paredes desta residencia. Na foto acima, a parte traseira da casa, em que exterior e interior estão em contato permanente. Neste terraço, o enorme beiral proporciona mais ou menos sombra conforme a sua profundidade, e os móveis de área externa completam o ambiente. Fiquem com a ótima Lisa Stansfield nesta viagem.

al-borde-del-agua_ampliacion

Junto á piscina, o muro de pedra vazado protege esta área de descanso. As cadeiras são de alumínio negro.

luminosidad-por-doquier_ampliacion (1)

No hall, um corredor de vidro com assoalho e teto em carvalho natural. Dois bancos de couro e pés de aço inox, ao fundo dois anjos barrocos em pedra do século XVII, sobre pianhas de ferro.

la-zona-de-estar_ampliacion

Nesta paleta de tons neutros que aumenta a luminosidade, destaca-se a pele de vaca australiana que reveste a área da lareira e parte da estrutura do teto. A iluminação é dada pelas luminárias de chão cromadas, e os sofás são revestidos de linho puro.

alargando-la-tertulia_ampliacion

No centro, uma espetacular mesa de couro branco e pés de aço, as mesas laterais são de madeira maciça fazendo um contraponto.

amplitud-de-miras_ampliacion

Ao fundo a sala de jantar conjugada,nos mesmos tons neutros e também com um enorme tapete de lã. No teto, pequenas ranhuras escondem a iluminação de LED.

ideas-de-las-interioristas_ampliacion

Aço, acabamentos em prata, efeito espelhado, couro branco dão brilho e luminosidade ao ambiente. Tapetes, cortinas e almofadas trazem calor.

desde-el-comedor_ampliacion

No chão, enormes tapetes de couro de vaca, assim como na mesinha lateral. Duas cestas enormes de couro negro recebem as hortências de tons rosa.

disenos-y-materiales-con-glamour_ampliacion

A mesa de jantar é cercada por uma parede com um trabalho autêntico de patchwork em diferentes tipos de madeira, que acolhem duas obras de Graça Pereira Coutinho.

una-cocina-personalizada_ampliacion

Os armários da cozinha foram feitos sob encomenda e recebem uma bancada de Corian, o piso é de micro cimento queimado.

en-la-suite-principal-un-singular-dosel_ampliacion

Na cabeceira, linho de Alcântara e luminárias ” clipadas ” nas laterais. A cama de dossel foi modernizada através de roldanas de alumínio.

el-cuarto-de-bano-manda-el-blanco_ampliacion

O espelho que ocupa toda a parede e vai até o teto amplia o espaço. A pia é de mármore branco e o armário logo abaixo, de aço polido, dando um efeito de espelho.

pasillo-bien-aprovechado_ampliacion

No vestiário, dois bancos de Mies van der Rohe servem de apoio. As portas são de laca branca com detalhes em alumínio prata, fazendo um lindo contraste com o assoalho de carvalho natural.

Fast Post do Dia


decor_do_dia_2014_04_07

Este loft instalado em Toronto, no Canadá, conseguiu aliar conforto e sofisticação com dois ambientes muito bem integrados. No projeto do estúdio de design Buildall Homes a cozinha americana tem um balcão branco, acompanhado de cadeiras verdes da Tolix, que separa os dois cômodos. Na sala de jantar, uma grande mesa de madeira ganhou a companhia da luminária Beat, assinada por Tom Dixon. O guarda-corpo de escada é de vidro, o que ajuda a dar leveza ao lugar.

decor_do_dia_2014_04_09

Os móveis brancos desta cozinha compacta transmitem leveza e ajudam a manter o ambiente em ordem. Além da bancada, que funciona muito bem para a hora de cozinhar, os armários e o organizador de temperos deixam tudo a mão. Para o visual não ficar monótono, uma das paredes é de madeira e exibe um quadro verde. Logo ao lado dela, na porta de um dos armários, uma tinta de quadro negro possibilita que os lembretes fiquem expostos, além de garantir bossa ao lugar.

decor_do_dia_2014_04_04

Um apartamento pequeno não precisa ter uma cozinha sem bossa. O ambiente da foto é um exemplo de como a cozinha americana também pode trazer charme à residência. O balcão é duplo, tem acabamento de madeira escura e foi amparado por banquetas de visual moderno. O pendente verde e o tapete de estampa geométrica, em P&B, garantem personalidade ao lugar. Atenção para o relógio minimalista na parede, ótima opção para levantar o décor.

Dolce Far Niente


Com uma vista estonteante que sugere o dolce far niente essa casa tem sofisticação sem ostentação com o estilo contemporâneo aliado a detalhes mais clássicos. A luz natural inunda os ambientes, que já são bem iluminados graças ao piso e paredes em bege. Cinza e azul marinho completam a cartela de cores neutra. Madeira e texturas dão aconchego. E ainda tem a vista…
casa-mar-contemporanea-classicacasa-mar-contemporanea-classica2casa-mar-contemporanea-classica3casa-mar-contemporanea-classica4